nsc
    nsc

    Infraestrutura

    Audiência no Paraná vai debater concessão dos aeroportos de Joinville e Navegantes

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    02/03/2020 - 09h29
    Aeroporto de Joinville será leiloado no final de 2020 (Foto: Salmo Duarte, Arquivo AN)
    Aeroporto de Joinville será leiloado no final de 2020 (Foto: Salmo Duarte, Arquivo AN)

    A concessão dos aeroportos de Joinville e Navegantes serão discutida em audiência pública presencial na próxima segunda-feira, 9 de março, em São José dos Pinhais (PR), na região metropolitana de Curitiba. O evento vai debater os estudos dos oito terminais do Sul do país que vão à leilão no final de 2020, conforme previsão do Ministério da Infraestrutura. Além dos aeroportos catarinenses, vão ser concedidas as estruturas de Curitiba, Foz do Iguaçu, Londrina e Bacacheri, no Paraná, e Pelotas, Uruguaiana e Bagé, no Rio Grande do Sul.

    A audiência do chamado Bloco Sul será às 9h, no hotel Mercure Aeroporto, na rua Barão do Cerro Azul, 261, Bairro Águas Belas. O encontro servirá para sugestões aos estudos, que podem ser levadas em consideração no texto do edital. No caso dos aeroportos do Sul, a contribuição inicial mínima para o leilão é de R$ 516.278.067,20 (quinhentos e dezesseis milhões, duzentos e setenta e oito mil e sessenta e sete reais e vinte centavos). Vence quem ofertar o maior valor.

    Há restrições para as empresas interessadas em participar, como experiência de um ano no comando de terminais de pelo menos cinco milhões de passageiros. Outros dois blocos vão ser leiloados no mesmo ato previsto para o final de 2020. O Norte é formado pelos terminais de Manaus, Tabatinga e Tefé, no Amazonas; Rio Branco e Cruzeiro do Sul, no Acre; Porto Velho (RO) e Boa Vista (RR).

    O Bloco Central tem seis aeroportos nas cidades de Goiânia (GO), Palmas (TO), Teresina (PI), Petrolina (PE), São Luís e Imperatriz, no Maranhão. As empresas vão fazer ofertas por bloco. Ou seja, quem vencer um deles vai administrar todos os terminais da região.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas