O clima em Balneário Camboriú é extremamente pesado nos bastidores entre as duas principais lideranças políticas do momento. O prefeito Fabrício Oliveira (PL) quer lançar candidato para a sucessão da cadeira dele, enquanto o ex-vice de Fabrício, o deputado Carlos Humberto (PL), almeja o espaço. Os dois não conversam. Caberá a Jorginho Mello (PL) decidir o futuro na eleição de Balneário Camboriú.

Continua depois da publicidade

Desembargador vai ouvir prefeitos de Blumenau e Joinville antes de decidir sobre vacinação

O candidato atual de Fabrício é o ex-prefeito Rubens Spernau, que recentemente se filiou no PL. Carlos Humberto, porém, mantém os planos. O mais irônico na situação toda é que os dois se elegeram juntos em 2016 e 2020, sendo o atual deputado estadual o vice-prefeito elito em BC. A harmonia das duas eleições, entretanto, acabou.

A eleição na cidade ainda deve ter a vereadora Juliana Pavan (PSD) na disputa. O pai dela, o ex-senador e ex-governador Leonel Pavan, é pré-candidato em Camboriú.

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total