nsc
    nsc

    Infraestrutura

    Batalhão de Engenharia de Lages pode assumir mais um lote de obras na BR-116

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    03/11/2019 - 07h05 - Atualizada em: 03/11/2019 - 08h06
    Recuperação do acesso ao Morro da Igreja com construção de mirante é uma das obras do batalhão (Foto: Divulgação)
    Recuperação do acesso ao Morro da Igreja com construção de mirante é uma das obras do batalhão (Foto: Divulgação)

    Aumentou a procura para que o Batalhão Ferroviário de Engenharia do Exército, em Lages, assuma obras em Santa Catarina. As equipes trabalham em duas obras: o asfaltamento do Morro da Igreja, em Uribici (com a construção de um mirante) e a duplicação de 51 quilômetros da BR-116, entre Guaíba e Tapes, no Rio Grande do Sul. O Dnit já demonstrou interesse em manter as equipes do Exército na BR- 116, desta vez para um lote de mais 25 quilômetros de duplicação, segundo o tenente-coronel Cleber Arruda, comandante da unidade. A obra em Urubici será concluída em dezembro.

    A estrutura é a única da corporação no Sul do país com dedicação exclusiva a serviços de infraestrutura. Há outras quatro no país, mas localizadas em outras regiões. Atualmente, porém, a unidade está no seu limite de operação. A busca pelos serviços do batalhão, afirma Arruda, é grande.

    Duplicação da BR-116, em Guaíba (RS)
    Duplicação da BR-116, em Guaíba (RS)
    (Foto: )

    Mais obra

    O efetivo do batalhão de Lages gira em torno de 900 servidores, com 320 deles dedicados às obras em andamento. Depois que forem concluídos os serviços no Morro da Igreja, todo o efetivo estará concentrado na BR-116. Segundo Arruda, a corporação somente assume obras onde há orçamento garantido por parte do poder público. O dinheiro recebido é usado para a recuperação das viaturas e equipamentos.

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas