nsc
    nsc

    Reforço

    Bombeiros comunitários serão chamados para suprir falta de efetivo em SC

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    08/02/2019 - 10h20 - Atualizada em: 08/02/2019 - 10h53
    Foto: Marcos Porto / Agência RBS
    Foto: Marcos Porto / Agência RBS

    Carlos Moisés confirmou na quinta-feira (7), na troca do comando-geral do Corpo de Bombeiros Militar, a prorrogação do concurso de soldados da corporação de 2017 por mais um ano, como publicado na coluna de quarta-feira. Ele venceria em março de 2019. Os 292 excedentes comemoraram a decisão. Outro anúncio do governador é do uso de dois bombeiros comunitários em cada unidade do Estado. A medida visa diminuir a falta de efetivo.

    Ao pé do ouvido

    Carlos Moisés foi inteirado sobre a situação das serras do Rio do Rastro e do Corvo Branco pessoalmente pelo secretário-adjunto de Defesa Civil, Diogo Bahia Losso, ontem de manhã, pouco antes de iniciar o evento de troca de comando dos bombeiros. Segundo Losso, o governo trabalha para conseguir R$ 19 milhões em recursos do governo federal para um trabalho de contenção em 25 pontos da região da serra do Rio do Rastro. Em março devem ser enviados os documentos necessários para a liberação do dinheiro. Um das possibilidades analisadas pela secretaria é a contratação da empresa que fará a obra pelo Regime Diferenciado de Contratação (RDC), procedimento para acelerar a licitação.

    Diretas

    - Carlos Moisés recebe nesta sexta-feira (8) a primeira turma de cães e bombeiros catarinenses que atuou em Brumadinho (MG) nos últimos dias.

    Ativo

    O ex-governador Eduardo Pinho Moreira deixou a Casa D’Agronômica, mas segue com agenda em eventos do Estado. No dia 1º de fevereiro esteve na posse dos deputados estaduais e ontem foi à troca de comando dos bombeiros.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas