publicidade

Navegue por
Ânderson

Cotidiano

Fios caídos sobre a calçada fazem parte da rotina em Santa Catarina

Compartilhe

Por Ânderson Silva
06/12/2018 - 07h32 - Atualizada em: 06/12/2018 - 07h32
Foto: Diorgenes Pandini / Agência RBS

Leitora da coluna enviou nesta semana um relato de fios caídos na região central de Florianópolis. Ela chegou a fazer a foto de seu filho de quatro anos com pouco de mais um metro de altura quase alcançando a fiação. Infelizmente, o quadro se repete em diferentes bairros de Florianópolis e outras cidades do Estado. Há fios ao alcance de crianças e alguns deles sobre a calçada. Fica fácil se enrolar e sofrer um acidente pela má instalação. Virou rotina no Estado.

A solução

A fiação, na esmagadora maioria dos casos, pertence a operadoras de internet e telefonia. Segundo o chefe de engenharia e telecomunicações da Celesc, Guilherme Saidler, há um contrato de compartilhamento entre a companhia e as empresas. Há previsão neste acordo da responsabilidade pelos cuidados com a fiação. Mesmo assim, são inúmeras as denúncias sobre os fios soltos. O chefe de divisão admita que não há uma fiscalização constante. A Celesc age a partir de relatos. A burocracia, segundo Saidler, impede uma punição mais rigorosa, mas as operadoras são notificadas dos problemas e, geralmente, os resolvem.

Deixe seu comentário:

Ânderson Silva

Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

anderson.silva@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação