Um espaço improvisado para a espera de pacientes e acompanhantes em um hospital de Florianópolis foi retirado do local após quatro anos. Apelidada de “tenda da vergonha”, a área servia como uma “extensão” da Maternidade Carmela Dutra, no Centro da Capital. Na última semana, o governo de Santa Catarina inaugurou um espaço interno para atendimento e espera. Assim, a tenda foi retirada do local em um ato simbólico com a presença do governador Jorginho Mello (veja fotos abaixo).

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade exclusiva de colunistas do NSC Total

O espaço improvisado existia desde 2020, por conta da pandemia de Covid-19. No entanto, de lá para cá, foi mantido em frente ao hospital. A nova sala de espera tem 105 metros quadrados e capacidade para cerca de 60 pessoas. Há cadeiras, fraldário, banheiros masculinos, femininos e adaptados para pessoas com deficiência. O investimento do Estado foi de R$ 735 mil.

Ainda houve a entrega de um mamógrafo digital com tomossíntese. A expectativa é dobrar o número de exames realizados por dia. Atualmente a média é 26 e será possível realizar cerca de 50 exames, segundo o governo do Estado.

Veja abaixo as fotos da retirada da tenda e da nova área de espera:

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total