nsc
nsc

Pontos importantes

Joinville, Blumenau e Chapecó ainda resistem a aderir a programa de recuperação das estradas estaduais

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
20/08/2019 - 03h30 - Atualizada em: 20/08/2019 - 08h46

Apesar dos 75% de adesão ao programa Recuperar, projeto do governo catarinense que vai dividir a responsabilidade pela manutenção das estradas estaduais com consórcios municipais, ainda há resistência em pontos importantes. Joinville, Blumenau e Chapecó, por exemplo, até agora não aderiram, segundo informações da Casa Civil do Estado.

No Médio Vale do Itajaí, onde fica a Ammvi, está um dos locais de maior resistência. Os prefeitos chegaram a emitir uma nota ressaltando algumas preocupações como as questões jurídicas e financeiras. Uma reunião em setembro com o Estado discutirá a questão.

Basicamente, o Recuperar repassará recursos para que os consórcios façam as reformas das estradas estaduais. De acordo com a Casa Civil, Blumenau, Chapecó e Joinville não integram nenhum dos grupos intermunicipais que aderiram ao projeto. Chapecó integra a Amosc, que já formou o consórcio Cidir. O orçamento para a região é de cerca de meio milhão por mês para manutenção das estradas estaduais.

Joinville faz parte da Amunesc, associação que já estabeleceu o CIM Catarina. Para toda a região, o investimento previsto é de R$ 403 mil mensais. Já Blumenau faz parte da Ammvi. O recurso para a região chega a R$ 430 mil por mês.

Faltou

SC teve ótimo desempenho nos jogos Pan-Americanos de Lima. Mesmo assim, não se viu uma homenagem sequer do governo do Estado aos atletas catarinenses. Nem em Florianópolis, onde residem e treinam parte dos medalhistas, teve uma lembrança que servisse de incentivo. A falta de um sinal do poder público resume a importância dada ao esporte por aqui.

Chance perdida

A proposição de obrigar vereadores e a prefeitura de Florianópolis a avaliar e informar o impacto econômico de cada projeto de lei, foi vetada na Câmara na última semana, com placar de 13 a 4. Para a Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (Acif), os parlamentares perderam grande chance de contribuir ao desenvolvimento da cidade e evitar ideias inférteis.

Leia também: Presidente da Ammvi, Mário Hildebrandt assina nota questionando viabilidade do Projeto Recuperar

Deixe seu comentário:

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Últimas do colunista

Loading interface...
Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Mais colunistas

    Mais colunistas