Com viagem aos Emirados Árabes inicialmente prevista para terminar no dia 25 de fevereiro, o governador de Santa Catarina, Jorginho Mello (PL), antecipou o retorno ao Brasil para estar no ato de apoio ao ex-presidente Jair Bolsonaro, que ocorre em São Paulo no final de semana. O fato foi registrado pela coluna no último sábado (17). Segundo o governo do Estado, a remarcação da viagem foi feita com dinheiro do próprio governador, sem uso de recurso público.

Continua depois da publicidade

Pressionado, Jorginho antecipa volta dos Emirados para ir a ato de Bolsonaro

De acordo com a assessoria de imprensa, Jorginho devolveu o valor da passagem que já havia sido comprada para o dia 25 e desembolsou para voltar em 24 de fevereiro. Além do bilhete dele, o governador também pagou pelo deslocamento alterado de um ajudante de ordens.

A viagem aos Emirados ocorre numa missão do poder público e entidades privadas que tentam atrair investimentos árabes para Santa Catarina. O grupo embarcou no último sábado, dia 17.

A alteração da agenda de Jorginho ocorreu após pressão de bolsonaristas e pessoas próximas ao governador para que ele estivesse na Avenida Paulista ao lado do ex-presidente.

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total