O Órgão Especial do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) decidiu tornar réu um juiz de primeira instância investigado por tráfico de drogas. Tiago Fachin, que atuava em Rio do Sul, foi alvo de uma operação policial em maio deste ano em um suposto esquema de comercialização de medicamentos sem prescrição médica.

Continua depois da publicidade

Nesta quarta-feira (6), o TJ-SC acatou a denúncia do MP-SC contra Fachin pelos crimes de tráfico de drogas e abuso de autoridade por unanimidade. Outras pessoas são investigadas, incluindo um policial penal e policial civil.

O advogado do juiz, Renato Boabaid fez a sustentação oral na análise sobre o recebimento da denúncia. Após o resultado, ele afirmou que o caso está sob segredo de Justiça e que não pode por imposição legal comentar.

Por fim, afirmou que recebe a decisão do tribunal com tranquilidade e que irá provar a inocência do cliente durante a tramitação do processo que se inicia nesse momento.

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total