nsc
    nsc

    Mais frango no menu

    Preço da carne vermelha em SC provoca "engenharia de cardápio" em restaurantes

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    04/12/2019 - 13h46
    (Foto: Fernando Salazar,Especial / Agência RBS)
    (Foto: Fernando Salazar,Especial / Agência RBS)

    Aos poucos é possível perceber a mudança no cardápio dos bares e restaurantes de Santa Catarina com o aumento no preço da carne vermelha. O que antes era gado foi substituído por frango, principalmente nos buffets. Ao mesmo tempo, o preço da carne vermelha servida pelos estabelecimentos tende a subir. O impacto é maior onde o produto é a base principal, como churrascarias, por exemplo.

    Segundo o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Santa Catarina (Abrasel), Raphael Dabdab, a alta dos preços exige uma "engenharia de cardápio".

    — É justamente pensar num mercado recessivo que a gente está, no poder de aquisição do consumidor e fazer a construção do cardápio de trás para frente. Pensando qual é o preço atratativo para o consumidor, qual proteína cabe nisso.

    Assim como já é visível em alguns estabelecimentos, Dabdab diz que há um comportamente de adaptação ao novo cenário. Ou seja: o frango vai ganhar destaque no menu.

    — Os restaurantes estão fazendo uma atualização não só no custo dos pratos que têm como base a carne de gado, mas também substituições por outras proteínas. A tendência é justamente de migração. A dieta do brasileira, que é muito baseada na carne de gado, sofrerá mudança em função dessa alteração de custos.

    A explicação passa especialmente por um ponto: a carne que antes era vendida para o mercado interno de Santa Catarina agora está indo para a China. O país asiático convive há meses com uma epidemia de peste suína que forçou aos chineses a substituição da carne de porco pela bovina — que é importada de países como o Brasil.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas