nsc
nsc

publicidade

ESPORTES

Acerto com empresários deve ocorrer antes do Natal, diz presidente do Metropolitano

Compartilhe

Augusto
Por Augusto Ittner
16/12/2019 - 09h31 - Atualizada em: 17/12/2019 - 10h19
­
Sidnei Batista, Divulgação, BD

Mais de seis meses depois de começar a busca por empresários que tivessem interesse em gerir o clube, a diretoria do Metropolitano finalmente prepara um desfecho para essa novela.

De acordo com o presidente Valdair Matias, a ideia é de que o contrato com o grupo que vai cuidar do departamento de futebol profissional do time seja assinado ainda durante essa semana – na pior das hipóteses na próxima, porém antes do Natal.

Por conta de um contrato de confidencialidade, Matias não revela quem são esses investidores e nem dá detalhes a respeito da minuta do contrato, que já está pronto. Ele afirma, porém, que todos os detalhes dessa parceria foram minuciosamente tratados entre os departamentos jurídicos para evitar problemas futuros – como o que aconteceu com o Figueirense neste ano.

– Falta aparar algumas arestas – resume o presidente.

Internamente o acerto já é dado como certo. Tanto que esses empresários já teriam bancado um ônibus próprio para o Metropolitano usar durante a Série B do Catarinense de 2020. Esse veículo será plotado com as cores e escudos do clube, e servirá principalmente para o deslocamento dos atletas para os campos de treino e para os jogos na Segundona – já que, na prática, o Verdão de Blumenau jogará todas as partidas "fora de casa".

Isso porque sem o Sesi, que já anunciou que não irá alugar o estádio para o Metrô em 2020, o clube teve de correr atrás de outras possibilidades. Chegou, até, a cogitar a chance de jogar no CT Romeu Georg, com a colocação de grama, drenagem, estrutura mínima, e uma arquibancada metálica, mas não rolou.

Aí a diretoria foi atrás do Estádio Gigante do Vale, em Indaial, e chegou a ficar perto de um acerto, porém uma série de exigências dos órgãos de segurança encareceram a ideia. Para piorar, a prefeitura de Indaial chegou a sinalizar um apoio com a reforma do estádio do XV de Outubro, porém não pode repassar recursos ao Rubro-Anil por conta de uma irregularidade na prestação de contas do time indaialense com o governo do Estado.

Sobrou o Estádio Hermann Aichinger, em Ibirama. E é lá que o Metrô pretende mandar os jogos na Série B do ano que vem. Se acatada a ideia pelo presidente Ayres Marchetti, a parceria deve ser fechada ainda no decorrer dessa semana.

Entre ônibus, contrato com empresários e definição do local onde vai jogar ano que vem, fato é que o Metropolitano tem um final de ano movimentado.

Deixe seu comentário:

Augusto Ittner

Colunista

Augusto Ittner

Opinião, análise e memória. Direto ao ponto, aborda o cenário esportivo do Vale do Itajaí. Com destaque para Metropolitano e BEC, traz de maneira exclusiva os bastidores do futebol em Blumenau e região.

siga Augusto Ittner

Últimas do colunista

Loading interface...
Augusto Ittner

Colunista

Augusto Ittner

Opinião, análise e memória. Direto ao ponto, aborda o cenário esportivo do Vale do Itajaí. Com destaque para Metropolitano e BEC, traz de maneira exclusiva os bastidores do futebol em Blumenau e região.

siga Augusto Ittner

publicidade

publicidade

Mais colunistas

    publicidade

    publicidade

    Mais colunistas