publicidade

Navegue por
Augusto

ESPORTES

Grupo leva pessoas com deficiência física ao topo de morro no Parque das Nascentes, em Blumenau

Compartilhe

Por Augusto Ittner
13/03/2018 - 18h36 - Atualizada em: 14/03/2018 - 08h20
Trekking solidário
(Foto: )

Possibilitar que pessoas com deficiência física pudessem sentir os ares do Parque das Nascentes, em Blumenau, foi o que motivou o grupo de montanhismo Chivunk a organizar uma ação no último domingo na cidade. Conforme a organização, cerca de 200 pessoas participaram de um trekking solidário, que levou 20 membros da Associação Blumenauense de Deficientes Físicos (Abludef) ao topo do Morro do Sapo.

A ideia de levá-los a 718 metros de altitude – em uma distância total de aproximadamente 4,5 quilômetros – surgiu após o grupo incorporar o aspecto social como um dos seus motes. Em novembro do ano passado, pessoas com deficiência visual membros da Associação dos Cegos do Vale do Itajaí já haviam subido o Spitzkopf, terceiro ponto mais alto da cidade. Conforme Rafael Ferreira, um dos participantes, o resultado “foi fantástico”:

Trekking solidário
(Foto: )

– Ver pessoas com deficiência superando o desafio de subir uma montanha e desfrutando o prazer de alcançar o cume serviu de inspiração para o grupo adotar um braço social.

Duas das pessoas com deficiência fizeram o percurso com o apoio de cadeiras de rodas confeccionadas especialmente para essa utilidade. O resultado, no fim, foi espetacular. Nas fotos é possível ver a alegria em não somente estar em meio à natureza, como também pelo fato de conhecer uma região de Blumenau que é tão próxima, mas que ao mesmo tempo – por conta dos obstáculos – se tornava tão distante a eles.

Parabéns aos organizadores.

Que mais ações como essa venham pela frente.

Deixe seu comentário:

Últimas do colunista

Todas do colunista

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação