nsc

publicidade

Cacau

Cacau Menezes

Ausência de Moisés

Compartilhe

Por Cacau Menezes
27/05/2019 - 08h00

No sábado passado, às 11 horas com a presença do Ministro Osmar Terra, da Cidadania do Brasil, inaugurou-se a restauração e ampliação da Casa de Victor Meirelles, em Floripa, Solenidade prestigiada pelo prefeito Gean Loureiro, os três senadores catarinenses, deputados e outras autoridades. Quem sentiu falta do governador Carlos Moises, eu explico: ele estava com representantes dos sete Estados das regiões Sul e Sudeste em Gramado, serra gaúcha, onde assinaram, no mesmo sábado, a Carta de Gramado, documento em que cobram uma agenda de crescimento para o Brasil, com a tomada de decisões estratégicas para o posicionamento da economia nacional “em um novo patamar no contexto mundial. Agenda que, na avaliação dos governadores, passa pelo apoio à reforma da Previdência.

Falando no governador...

A disposição do prefeito Gean Loureiro para o trabalho é  enaltecida pelos seus colaboradores e de conhecimento de seus adversários. Quase todos os dias marca reunião as 6 horas da manhã e a meia-noite ainda está na rua, cumprindo uma agenda que ele faz a quatro mãos com Cinthia. A mulher não tem folga. Dia nenhum. Além de ir a tudo, ainda vem articulando sua reeleição de forma surpreendente. Se bobear traz o governador Moisés pra chapa. 

Ironman Foi show de novo e com o tempo colaborando o Ironman em Floripa. O que talvez não tenha funcionado muito bem foi o trânsito praias-centro à tarde pela SC-401 a partir de Canasvieiras. Muito lento, quase parado. O resto nota 10. Inclusive a polícia. 

Dinheiro que entra Santa Catarina pode exigir de distribuidora de produtos químicos o recolhimento aos cofres públicos de R$ 2,4 milhões em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS), valor que a empresa deixou de pagar pelo regime de substituição tributária. A decisão favorável ao Estado da 3ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital foi confirmada pela Quarta Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), em julgamento realizado na tarde da última quinta-feira 23.Dois outros recursos foram negados pela justiça.  Vitoria  da Procuradoria Geral do Estado de Santa Catarina (PGE/SC). 

"Milionários mentais" A convite de um professor de Economia, nosso manezinho e leitor Ernani Vilela esteve em um hotel em Brasília para propor soluções em imóveis diversos, em geral pertencentes a funcionários públicos aposentados. Aconteceu uma fila geriátrica, cada um exibia plantas de sua propriedade, com respectivos valores macro superestimados, acompanhados de vagas ideias a serem realizadas por sócios hipotéticos. Vilela chegou a conclusão que "essas ilusões produzem milionários mentais, e em casos extremos produz o que se pode chamar de paranóia imobiliária".

Deixe seu comentário:

Cacau Menezes

Cacau Menezes

Cacau Menezes

A cara, o jeito e o sotaque de Floripa. O colunista da cidade, das pessoas que são destaque, dos bastidores decisivos e dos acontecimentos mais importantes.

cacau.menezes@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade