nsc

publicidade

Cacau

Na divisa

Bolsonaro orienta que Parque Nacional Aparados da Serra seja privatizado

Compartilhe

Por Cacau Menezes
06/04/2019 - 04h45
(Foto: Saul Oliveira / Divulgação)

O Parque Nacional Aparados da Serra, de aproximadamente 30,4 mil hectares, localizado na divisa entre os Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, deverá ser privatizado, em atendimento à orientação do presidente Jair Bolsonaro.

Para o prefeito de Praia Grande, um dos municípios abrangidos pelo parque, a transferência para a iniciativa privada poderá aumentar o número de visitantes de 250 mil para mais de 1 milhão ao ano. Está certo. Mas por que privatizar uma área que é uma atração da natureza? Não seria melhor o governo continuar administrando esse patrimônio? Seria correto privatizar, por exemplo, a praia de Balneário Camboriú?

2020

Briga de foice no escuro é como pode ser descrita a discussão entre Gean Loureiro e João Amin em uma rede social. Provocado a explicar sobre o anúncio, em 2018, de que Florianópolis receberia R$ 345 milhões em obras em alusão aos 345 anos da Capital e que nada, na opinião do deputado, aconteceu, o prefeito subiu o tom e afirmou que estava “arrumando a bagunça que uma certa gestão fez na cidade”.

Pelo jeito a eleição de 2020 já chegou!

Bígamo

Denúncia da jornalista Olivete Salmória: “Tem um político em Lages que tem duas mulheres e ambas estão empregadas na prefeitura”. Isso é o que se pode chamar de bigamia nepotista.

Posse

MPSC convida para a posse e o jantar do promotor de Justiça Fernando da Silva Comin no cargo de procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Santa Catarina, na quarta-feira, a partir das 18h, no auditório da sede do MPSC, na rua Bocaiúva.

Assunto encerrado

Nem de esquerda ou direita: centro, e todos ficam satisfeitos. E deu pra bola.

Deixe seu comentário:

publicidade