publicidade

Navegue por
Cacau

Democracia

Debate na UFSC com Guilherme Boulos

Compartilhe

Por Cacau Menezes
14/03/2019 - 08h42 - Atualizada em: 14/03/2019 - 08h57

Diretório Central dos Estudantes da UFSC programou uma aula magna sobre resistências, lutas sociais e movimento estudantil para dia o próximo dia 19, às 18h30min, em seu auditório. O palestrante convidado é Guilherme Boulos, líder dos sem-teto e ex-candidato à Presidência da República pelo PSOL. Um grupo pró-direita está organizando manifestação de protesto em frente ao DCE no mesmo horário, contra os movimentos socialistas e invasores de terras e para fortalecer o movimento Escola Sem Partido. Assim como fizeram as feministas e petistas que passaram em frente à Alesc gritando palavras com faixas durante a palestra e o lançamento do livro da jovem deputada do PSL, Ana Campagnolo.

Guilherme Boulos é um bom nome. Universidade é debate. E deve ser sempre contestadora. E essas manifestações de rua e pacíficas fazem bem para a democracia.

Ninguém perdeu

Decisão do Superior Tribunal de Justiça, em Brasília, anteontem, animou o trade turístico da Ilha. Como não poderia ser diferente. Agora é a prefeitura que pode regularizar e fazer funcionar os Beach Clubes de Jurerê, o que poderá ser feito, se for preciso, mediante um pedido de regulamentação e adequação. Não haverá demolição. Houve vitória dos dois lados, porque houve também punição a possíveis transgressões. O acórdão dá direito à regularização e fim da novela.

A reforma

Já que somos todos iguais perante a lei, uma boa seria a reforma da Previdência estipular que nenhum trabalhador ou servidor no país receberá mais do que o teto do INSS tão logo da aprovação. As remunerações, tanto da iniciativa privada quanto do setor público, incluindo Judiciário e Legislativo, serão consideradas, porém não podendo ultrapassar o teto do INSS. E deixe o mercado se adaptar. Aí, sim, teremos justiça social e equidade. Só que, para isso, ainda vai nascer aquele com os cocos roxos.

Roda gigante

A Big Wheel, uma roda gigante de 60 metros de altura que empresários pretendem construir no Pontal Norte, em Balneário Camboriú, continua proibida pelo Ministério Público. No entanto, em audiência pública na noite de segunda-feira, foi aprovado por maioria o Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV), um passo burocrático importante para que o empreendimento saia do papel. O plenário estava cheio e apenas nove pessoas votaram contra. O difícil vai ser convencer o MP de que a Big Wheel é um investimento importante para o incremento do turismo da cidade.

Rapeize

Floripa recebendo como nunca, especialmente em Jurerê, uma quantidade muito grande de jovens de Israel. É até bonito de ver. Parece que quem serve o Exército em Israel, quando acaba, ganha viagens para lugares na moda no mundo. E, pelo jeito, Floripa é a bola da vez.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação