nsc
    nsc

    Palhoça

    Terra do guincho

    Compartilhe

    Por Cacau Menezes
    13/03/2019 - 03h20
    (Foto: Carlos Macedo, Agencia RBS)

    As duas principais encrencas que travaram a cidade têm uma semelhança. A solução, nas duas vezes, precisou vir de Palhoça, a terra do guincho, que deslocou o salvador da pátria com capacidade para mover veículos superpesados. Será que nenhuma sacrossanta autoridade teve, até agora, a iluminada, brilhante e produtiva ideia de utilizar aqui na Ilha um equipamento semelhante para acelerar o tempo de atendimento de futuras ocorrências? De nada.

    Na contramão

    Longe de querer fazer o elogio da unanimidade. Muito pelo contrário, até porque, no mais das vezes, tudo aquilo que é unânime acaba-se revelando um equívoco. E depois é da troca de ideias e pontos de vista os mais variados que se colocam todos os lados de uma questão, permitindo que se encontrem soluções satisfatórias. Ainda assim, por vezes, tem-se a sensação de que as ideias por aqui estão completamente fora de lugar. Essa sensação é reforçada quando se vê a proliferação de lombadas nas estreitas, arcaicas e intransitáveis ruas de Floripa e seu entorno. Ora, que pinoia! Além de provincianas e reprovadas pela boa engenharia de tráfego, as lombadas só têm aumentado a falta de mobilidade – tornando ainda mais complicado o que já é suficientemente complicado: o livre trânsito da população dentro do reduzido espaço urbano da Ilha.

    Na mira

    Se depender de um grupo de empresas e profissionais de tecnologia, o professor José Fiates, presidente da Fundação Certi e vice-presidente do Sapiens Parque, será candidato a prefeito de Floripa em 2022.

    Diversão

    Um ótimo programa para a criançada é aproveitar as atividades recreativas e culturais que estão sendo realizadas pelo projeto "Circuito Cultural" no Passeio Primavera, em Floripa. De quarta a domingo, o contêiner transformado em um centro de cultura apresenta uma vasta programação para o público, com o objetivo de educar e divertir. A programação gratuita segue até 24 de março.

    Decepção

    Internautas compartilham sem descanso uma lista tida como a dos maiores salários pagos na administração pública estadual. São marajás que incorporaram agregações e penduricalhos, “tudo dentro da lei”, sob a cumplicidade de quem tinha a caneta e deu andamento aos processos e ganham muito além do teto do funcionalismo. O topo da lista tem um agente de pesquisa que ganha R$ 83.436,90 brutos. Aliás, pode ser resultado de algum trem da alegria, pois seis entre os 10 maiores salários são desses tais agentes de pesquisa.

    Hospital Dia

    Hospital Celso Ramos inaugurou o sistema Hospital Dia, para permitir internações curtas, destinadas a atendimentos especiais, como a aplicação de antibiótico. O modelo foi denominado Hospital Dia Dra. Helena Elisa Piazza, professora da Unisul, pelo seu insistente trabalho em defesa da internação de curta duração.

    Amor de Sereia

    A história da sereia Rusalka, escrita pelo dramaturgo tcheco Jarolav Kvapil a partir de lendas da Europa oriental, virou ópera pelas mãos de seu conterrâneo Antonin Dvorák. No concerto em que retorna ao repertório clássico, nesta sexta, às 20h, no Teatro do CIC, a Camerata Florianópolis vai apresentar, entre outras, a bela ária Song to the Moon, na qual a sereia canta as dores de um amor impossível. A interpretação será da soprano Masami Ganev. 

    Canja

    Edson Silva, o big boss do grupo Nexxera, aniversariante de sábado com o Cadu Almeida no Arts, vai exercer na festa seu novo passatempo nas horas de lazer: botar som. Durante pelo menos uma hora, o aniversariante vai dar uma canja como DJ.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas