publicidade

Navegue por
Carolina

Presidente

Bolsonaro resgata contato com grupos que mais o apoiaram nas eleições

Compartilhe

Por Carolina Bahia
10/06/2019 - 03h40 - Atualizada em: 10/06/2019 - 03h37
Presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Marcos Corrêa / Presidência da República)

Na semana em que começa para valer a discussão de mérito da reforma da Previdência na comissão especial, o presidente Jair Bolsonaro resolveu fazer um carinho nas bancadas da bala e do boi. Ele anunciou que assina amanhã um decreto para beneficiar frequentadores de clubes de tiro e caçadores. Na Câmara, está aberto o caminho para a votação da urgência do projeto que permite a posse e o porte de armas dentro de propriedades rurais.

Autor da proposta, o deputado Afonso Hamm (PP-RS) desembarca ainda hoje em Brasília para tentar articular a votação junto ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e aos apoiadores do presidente. Sem qualquer avanço na economia, com índices de desemprego em alta e mergulhado em polêmicas desnecessárias, o presidente está resgatando o contato com os grupos que mais o apoiaram durante a campanha.

Guerrilha digital

Deputados começaram a ser bombardeados por mensagens nas redes sociais, apelando para que não votem a favor da reforma da Previdência. Somente um parlamentar do PP recebeu mais de cem recados contra as mudanças na aposentadoria.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação