nsc
    nsc

    Congresso

    Derrota de Sergio Moro na votação do pacote anticrime poderia ser pior

    Compartilhe

    Carolina
    Por Carolina Bahia
    05/12/2019 - 20h25 - Atualizada em: 05/12/2019 - 20h26
    Sergio Moro, ministro da Justiça (Foto: Diorgenes Pandini/Diario Catarinense)
    Sergio Moro, ministro da Justiça (Foto: Diorgenes Pandini/Diario Catarinense)

    A derrota do ministro da Justiça, Sergio Moro, na votação do pacote anticrime poderia ter sido ainda maior. À frente da liderança do governo na Câmara, o deputado Sanderson disse à coluna que se dependesse da primeira reunião com os líderes dos partidos, outros pontos considerados importantes pelo ministro poderiam ter caído, além da prisão em segunda instância e o excludente de ilicitude.

    Eles estavam dispostos a limitar a prisão preventiva a 90 dias, sem prorrogação, por exemplo. O texto final foi resultado de um dia de negociações. Sanderson comandou as articulações porque o líder está no Exterior.

    Já o ministro responsável pelas relações com o Congresso, general Luiz Eduardo Ramos, passou boa parte da tarde de quarta-feira acompanhando o presidente Bolsonaro à Feira do Paraguai, onde comeram pastel. As articulações foram por telefone.

    Na prática, o Planalto jamais se empenhou pela aprovação do pacote do ex-juiz. E Moro não conseguiu transformar a popularidade que tem nas ruas em votos no Congresso. A próxima batalha será no Senado, mas só no próximo ano.

    Maia, o diplomata

    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, fez um gesto de aproximação com o novo presidente da Argentina, Alberto Fernández. Enquanto persiste o mal-estar entre Bolsonaro e Fernández, Maia aproveitou viagem a Buenos Aires para visita de cortesia ao peronista.

    — Precisamos trabalhar em conjunto, independente de diferenças ideológicas — disse Maia.

    Fernández mandou um recado para Bolsonaro pela comitiva brasileira, de que será mais fácil conviver se eles se respeitarem.

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas