nsc
    nsc

    Combate à violência

    Encontro em Florianópolis trata sobre políticas de combate à violência contra mulher

    Compartilhe

    Carolina
    Por Carolina Bahia
    22/07/2019 - 05h25 - Atualizada em: 22/07/2019 - 19h33
    NSC Total
    (Foto: )

    O Congresso articula com o Ministério das Relações Exteriores, governos estaduais e embaixadas de países vizinhos políticas públicas de combate à violência contra as mulheres em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul. Uma carta de intenções será elaborada até um novo encontro para debater o tema, em setembro, em Florianópolis. Segundo a delegada catarinense e integrante da Comissão de Segurança do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), Patrícia Zimmermann, as zonas de fronteira da região Sul registraram este ano, em média, um feminicídio e dois estupros por dia.

    Parte dessa violência é explicada pela facilidade de fuga dos criminosos, que conseguem cruzar a fronteira e escapar das autoridades.

    O número de crimes sexuais com mulheres e menores de idade, principalmente em redes de prostituição e tráfico humano, também preocupa as autoridades. Nos seis primeiros meses do ano, já ocorreram 41 casos desse tipo na zona fronteiriça de Santa Catarina. Em todo o ano passado, foram 77.

    Jorginho Mello tira licença para homenagem

    O senador Jorginho Mello (PL-SC) confirmou à coluna que irá se licenciar do cargo, por um curto período, para que sua suplente Ivete Appel da Silveira assuma o mandato. Será em função de uma homenagem ao ex-senador e ex-governador Luiz Henrique da Silveira. A sala do café do Senado levará o nome do catarinense. Ainda não há data para a homenagem.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas