nsc
nsc

publicidade

Análise política

MEC sob nova direção

Compartilhe

Carolina
Por Carolina Bahia
11/04/2019 - 03h30
(Foto: Fátima Meira, Futura Press/Folhapress)

Com carta branca para montar a equipe, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, está montando um time com perfil técnico, mas sem experiência na área educacional. Essa nova cara da cúpula do MEC preocupa especialistas porque o sistema é bastante complexo e alguns assuntos exigem conhecimento específico.

A experiência mostra que um bom ministro não precisa ser profissional do ramo, mas é importante que tenha sabedoria ao escolher os assessores afiados. Weintraub, no entanto, tem uma preocupação imediata: sepultar a briga por poder entre militares e olavistas. O tenente-brigadeiro Ricardo Machado que estava há menos de 15 dias na secretaria-executiva já foi substituído pelo economista Antonio Paulo Vogel de Medeiros, colega da Casa Civil de Weintraub.

Como o MEC está em colapso, se o ministro conseguir colocar a máquina para funcionar já é lucro.

Bom senso

O ministro Osmar Terra (Cidadania) não concorda com a ideia de corte do benefício do Bolsa Família como punição a alunos que cometam violência contra os professores. A possibilidade foi defendida pelo ministro da Educação, ao comentar que, em uma situação limite, o benefício seja cortado.

— Não vi a declaração do ministro e temos que analisar cada caso. Mas, em princípio, cortar o bolsa poderia até condenar a família à fome e não resolveria o problema do menino violento – argumenta Terra.

CPI da Lava Toga

A segunda tentativa de criar uma CPI para investigar o Judiciário foi enterrada ontem por 19 a sete na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Dos sete votos a favor da CPI, dois foram dos senadores catarinenses Jorginho Mello e Espiridão Amin (PP).

Fórum catarinense

Em conversa com a coluna, o deputando Rogério Peninha (MDB) apontou as prioridades do Fórum Parlamentar Catarinense durante a sua gestão como coordenador. A bancada irá tentar a liberação de recursos para a saúde, especialmente para hospitais filantrópicos, e obras de infraestrutura, como rodovias, portos, aeroportos e barragens para contenção de cheias. Questões ambientais em áreas de preservação também estão entre os temas que terão atenção dos deputados catarinenses.

Parcerias

Em seu discurso durante a Marcha dos Prefeitos, que ocorre em Brasília, o governador Carlos Moisés destacou que as reivindicações dos municípios são as mesmas dos Estados. E que em Santa Catarina, ele tem procurado as associações de municípios do Estado para fechar parcerias, como a que prevê a recuperação de asfalto usando material produzido em usinas catarinenses.

Deixe seu comentário:

Carolina Bahia

Colunista

Carolina Bahia

O olhar de Santa Catarina no dia a dia da política nacional. O que acontece em Brasília e os feitos no Estado das decisões tomadas na capital do país.

siga Carolina Bahia

Últimas do colunista

Loading interface...
Carolina Bahia

Colunista

Carolina Bahia

O olhar de Santa Catarina no dia a dia da política nacional. O que acontece em Brasília e os feitos no Estado das decisões tomadas na capital do país.

siga Carolina Bahia

publicidade

publicidade

Mais colunistas

    publicidade

    publicidade

    Mais colunistas