nsc
    nsc

    Política

    Por que o presidente Bolsonaro deveria apresentar os exames de coronavírus

    Compartilhe

    Carolina
    Por Carolina Bahia
    24/03/2020 - 18h27
    Jair Bolsonaro (Foto: Isac Nóbrega / Agência Brasil)
    Jair Bolsonaro (Foto: Isac Nóbrega / Agência Brasil)

    O presidente da República, Jair Bolsonaro, deveria apresentar os exames que realizou para identificar se tem ou não coronavírus. Oficialmente, ele mesmo já informou que os laudos não apontaram a presença da doença. A palavra do presidente deveria bastar.

    Mas neste meio tempo, 23 assessores diretos do Palácio do Planalto foram diagnosticados com a doença, inclusive o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno. Em entrevistas coletivas, o presidente já apareceu com máscara e sem máscara.

    No mais recente episódio, o Hospital das Forças Armadas - responsável pelos testes na equipe presidencial - sonegou ao Distrito Federal a lista completa de infectados com o novo coronavírus, embora a Justiça tenha determinado que os nomes fossem revelados. Duas pessoas que testaram positivo ficaram de fora da relação repassada pelo hospital. Não se sabe quem são esses pacientes. Se o presidente apresentasse seus exames, encerraria qualquer dúvida.

    > Laboratório brasileiro iniciará testes com hidroxicloroquina, que pode curar pacientes com coronavírus

    Questionado sobre a decisão de Bolsonaro, o ministro da Saúde, Luís Henrique Mandetta, afirmou  que o paciente tem todo o direito de preservar a sua privacidade. O ministro está correto. Mas como homem público e autoridade máxima da República, o presidente deveria assegurar transparência ao processo. Essa simples atitude eliminaria qualquer uso político do mistério.

    Nesta terça-feira (24), o governador de São Paulo, João Doria, também utilizou as redes sociais para informar que testou negativo para o coronavírus. Ele apresentou os laudos. O senador Jorginho Mello (SC), que estava na comitiva de Bolsonaro aos Estados Unidos, também não tem a doença. À coluna, ele mostrou o resultado dos exames.

    Neste momento de crise aguda do país, ter acesso ou não aos exames do presidente pode parecer algo menor. Mas é importante que o presidente da República seja exemplo de cuidados e prevenção. O próprio Bolsonaro usa como lema de vida a frase bíblica: "Conhecereis a verdade e a verdade dos libertará".

    > NSC Total lança Painel do Coronavírus com dados detalhados dos casos confirmados em Santa Catarina

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas