nsc
nsc

publicidade

Entrevista

"Senador quer destruir uma economia familiar", diz secretário da Pesca

Compartilhe

Carolina
Por Carolina Bahia
07/11/2019 - 22h10 - Atualizada em: 08/11/2019 - 16h37
Secretário nacional da Pesca, Jorge Seif Junior (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Secretário nacional da Pesca, Jorge Seif Junior (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O secretário nacional da Pesca, Jorge Seif Junior, soube pela coluna que o senador Jaques Wagner (PT-BA) pediu à Procuradoria-Geral da República (PGR), nesta quarta-feira (6), que o investigue por improbidade administrativa, após ter recomendado o consumo de peixe em áreas afetadas pelo óleo no Nordeste.

No documento encaminhado à PGR, o senador baiano pede que "sejam adotadas medidas judiciais cabíveis com vistas à comprovação de que realmente tenha havido avaliação prévia pelo Ministério da Agricultura e pelo Serviço de Inspeção Federal".

O secretário que se considera catarinense, apesar de ter nascido no Rio de Janeiro, afirmou novamente que até agora não há notificações dos ministérios da Agricultura e da Saúde com produtos contaminados ou pessoas intoxicadas - a não ser os voluntários que utilizaram agentes externos como diesel e gasolina para limpar o piche do corpo.

— Todas as minhas recomendações são baseadas em números. Como vou falar que não consuma o peixe? Um senador da República, mesmo sabendo que o peixe está sem contaminação, quer suspender a pesca e o consumo, e destruir uma economia familiar, disse Seif.

O secretário defendeu que a atividade pesqueira também é exercida em locais não afetados pelo óleo, em áreas oceânicas e longe da costa.

Na semana passada, Seif falou em vídeo, ao lado do presidente Jair Bolsonaro, que "peixe é um bicho inteligente e foge do óleo", e recomendou o consumo do pescado. Depois, nas redes sociais, completou "alguém tem algum registro de cardumes suicidas se jogando para dentro da mancha de óleo?".

*Com Camila Faraco

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade