nsc

publicidade

Carolina

STF

Toffoli quer antecipar julgamento em plenário sobre uso de dados do Coaf em investigações

Compartilhe

Por Carolina Bahia
26/07/2019 - 06h00
(Foto: Andréa Graiz / Agência RBS)

Depois da lambança da liminar em benefício do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) no caso Coaf, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, anunciou que pretende antecipar o julgamento em plenário do uso de dados sigilosos do Conselho de Atividades Financeiras em investigações, sem autorização judicial. O ministro nega que decisão de paralisar processos com informações do conselho possa inviabilizar investigações. 

Leia também: Após decisão de Toffoli, Polícia Federal suspende inquéritos que utilizem dados do Coaf

Reforma Tributária 

Único catarinense na comissão especial da reforma Tributária, deputado Darci de Matos (PSD) afirmou à coluna que a ideia é simplificar o recolhimento de tributos, tirar os impostos de exportação e deixar mais dinheiro nos municípios - o que seria o início do pacto federativo. Darci defende acabar com a guerra fiscal, mas ressalta que terá um desafio pela frente, pois Santa Catarina concede R$ 6 bilhões em benefícios e incentivos fiscais por ano. 

Deixe seu comentário:

publicidade