Florianópolis

publicidade

Dagmara

Orlando brasileira

Associação mundial dos grandes parques de diversões virá a Penha para projetar negócios

Compartilhe

Por Dagmara Spautz
10/08/2018 - 15h39 - Atualizada em: 10/08/2018 - 15h39
Beto Carrero World, em Penha
Beto Carrero World, em Penha (Foto: Marcos Porto, Arquivo NSC)

O norte-americano Dennis Speigel, presidente da International Theme Parke Services (ITPS) _ serviço internacional de parques temáticos _ virá a Penha no fim do ano para conhecer o potencial da cidade e o projeto do Distrito Turístico, que é formatado com o apoio do Ministério do Turismo. A viagem foi acertada esta semana no Industry Showcase & Tabletop Networking, evento organizado pelo Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat) em Itupeva, no interior de São Paulo. A proposta do distrito é transformar Penha na “Orlando” brasileira.

A convite do Ministério do Turismo, o prefeito de Penha, Aquiles da Costa (PMDB), debateu durante o evento o projeto do Distrito Turístico com o Fundo Nacional de Fomento ao Turismo no México (Fonatur). A entidade é responsável pela criação de seis distritos, entre eles Cancún, com um modelo de parceria público-privada que inclui a entrega de infraestrutura básica, como os acessos, e o pré-licenciamento ambiental de áreas de interesse dos investidores.

Em novembro, uma equipe da prefeitura de Penha viajará ao México para conhecer o modelo de perto. Enquanto isso, é preparado o pacote de propostas de alterações no plano diretor para que o zoneamento do distrito favoreça a construção de novos parques temáticos. A região escolhida fica entre a Rodovia Transbeto, junto ao Beto Carrero World, e a BR-101. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico do município, Max Bastos, a proposta será encaminhada aos conselheiros até o fim do mês.

O município também trabalha na criação de sua Fundação do Meio Ambiente, para que possa cuidar dos licenciamentos ambientais “em casa” _ o que, na avaliação do secretário, agiliza os processos.

A estimativa é que o Distrito Turístico de Penha demande investimentos de R$ 30 milhões. Há sinalização do Ministério do Turismo para que o dinheiro seja obtido em financiamento através do Prodetur, programa do governo federal específico para o turismo. Penha recebe hoje 2 milhões de visitantes por ano no Beto Carrero World.

Deixe seu comentário:

publicidade

Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação
Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação