nsc
    nsc

    Barco de pesca de Itajaí com mais de 20 tripulantes a bordo naufraga no Norte do Estado

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    03/03/2020 - 08h11 - Atualizada em: 03/03/2020 - 11h09
    Barco de pesca Tucano naufragou em São Francisco do Sul (foto: Divulgação)
    Barco de pesca Tucano naufragou em São Francisco do Sul (foto: Divulgação)

    A embarcação pesqueira Tucano, de Itajaí, que atua na captura de atum, naufragou na madrugada desta terça-feira (3) no Litoral Norte, a 70 milhas de São Francisco do Sul - o que equivale a 112 quilômetros. A informação inicial era de que o barco tinha 24 tripulantes a bordo, mas a Marinha confirmou o número de 23. Todos foram resgatados e estão bem.

    A tripulação relatou o incidente por volta de meia-noite, pela rádio costeira. O barco de pesca Irmãos Santos, que estava próximo, seguiu até o local do naufrágio e resgatou os pescadores, com o apoio da Marinha do Brasil.

    A operação foi coordenada pela Capitania dos Portos de Itajaí. O navio balizador Faroleiro Mário Seixas, da Marinha, que estava atracado em Itajaí, viajou até o local do incidente para acompanhar os trabalhos.

    Nesta manhã, outro barco de pesca de Itajaí, Viviane F., deslocou-se para o local do naufrágio para fazer o transporte dos pescadores, de volta para casa.

    A embarcação ficou totalmente submersa, e não se sabe ainda a profundidade do local onde ocorreu o naufrágio.

    Vinícius Ferreira, proprietário do barco, disse que ainda não se sabe as causas do incidente.

    - Eles estavam navegando para descarregar em Itajaí, e quando viram o barco estava cheio de água. Graças a Deus a tripulação está salva.

    Ele também ressaltou a agilidade de atendimento da Marinha, por meio da Capitania dos Portos e do 5º Distrito Naval, no Rio Grande do Sul, que possibilitou o resgate imediato.

    A Marinha do Brasil informou que uma equipe médica que estará aguardando no cais, em Itajaí, para atendimento dos náufragos. A Capitania dos Portos vai instaurar um inquérito para apurar as causas, circunstâncias e possíveis responsabilidades pelo acidente.

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas