nsc

publicidade

Dagmara

Regime fechado

Casal é condenado a 76 anos de prisão em Balneário Camboriú por golpe com carros de luxo

Compartilhe

Por Dagmara Spautz
04/07/2019 - 11h37 - Atualizada em: 04/07/2019 - 12h59
Arquivo NSC
Arquivo NSC

Os donos de uma revenda de carros de luxo em Balneário Camboriú foram condenados a penas que somam 76 anos de prisão pelo crime de estelionato, repetido 23 vezes. A decisão é de primeira instância, do juiz Gilmar Antonio Conte, titular da 2ª Vara Criminal de Balneário Camboriú, e os réus podem recorrer.

De acordo com o processo, o homem de 51 anos e a mulher, de 32, procuravam na internet anúncios de veículos, geralmente de alto padrão, e entravam em contato com as vítimas para convencê-las a deixarem o carro na loja para venda, alegando terem comprador interessado. O veículo, no entanto, desaparecia e o dono não recebia o pagamento.

Em outros casos, as vítimas procuravam a empresa para deixar o carro em consignação para revenda, e não recebiam nem o valor da negociação, nem o veículo de volta. Ainda de acordo com o processo, o casal também assessorou a importação de veículos de luxo, que eram pagos mas nunca entregues aos proprietários.

O homem foi condenado a 41 anos e três meses de reclusão, e a mulher a 35 anos e seis meses, além de 345 dias-multa. Eles também terão que ressarcir as vítimas dos golpes em R$ 1,2 milhão. Ambos tiveram o direito a recorrer em liberdade negado porque, quando beneficiados com liberdade provisória, no decorrer do processo, fugiram para os Estados Unidos. Cabe recurso ao Tribunal de Justiça.

Deixe seu comentário:

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

dagmara.spautz@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade