publicidade

Dagmara

Produtividade

Comissão faz pressão de última hora contra fim de incentivos fiscais na Alesc

Compartilhe

Por Dagmara Spautz
17/07/2019 - 10h08 - Atualizada em: 17/07/2019 - 10h08
Portos (Foto: Luiz Carlos Souza, Arquivo Pessoal)
Portos (Foto: Luiz Carlos Souza, Arquivo Pessoal)

Membros do Comitê de Defesa da Produtividade da Economia Catarinense, formado por mais de 32 entidades, entre elas a Associação Empresarial de Itajaí (ACII), fizeram ontem a última rodada de conversas com os deputados antes da votação do projeto de lei que trata dos incentivos fiscais, marcada para a manhã de hoje. O presidente do Comitê, Marcelo Petrelli, buscava o compromisso dos deputados de cobrarem o governo caso a Secretaria de Estado da Fazenda descumpra a promessa de revisar os incentivos cortados até o fim de agosto.

Transporte e comércio exterior – dois setores que fazem parte da base da economia de Itajaí – podem ser impactados por uma eventual mudança. Uma das preocupações do Comitê é o possível aumento de 6% no ICMS de alguns produtos importados e na alta de 2,1% a 5,1% no transporte em operações interestaduais.

Fala-se na possibilidade de que o Estado perca R$ 38 bilhões em mercadorias de importação que hoje são não permanecem em Santa Catarina. São produtos movimentados no Estado por empresas de fora, devido aos benefícios fiscais, e que depois de descarregadas nos portos viajam até as importadoras país afora - o que rende receita em ICMS ao Estado.

Deixe seu comentário:

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

dagmara.spautz@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade