publicidade

Navegue por
Dagmara

Educação

Faltam carteiras em escola estadual recém-inaugurada em Balneário Camboriú

Compartilhe

Por Dagmara Spautz
13/03/2018 - 14h43 - Atualizada em: 13/03/2018 - 14h43

Parte dos alunos do recém-inaugurado Colégio Estadual Higino Pio, em Balneário Camboriú, ainda não têm onde sentar para assistir às aulas. A espera pelos móveis já fez com que o ano letivo fosse adiado, de 15 para 26 de fevereiro, na expectativa de que o material chegasse a tempo. Não chegou.

Foi preciso levar à nova escola as carteiras antigas do Colégio Laureano Pacheco, que foi desativado. Ocorre que o número de alunos era menor _ são cerca de 800 na escola _ e não há móveis para todos.

As carteiras novas já foram compradas pelo Estado, mas a entrega depende da logística de distribuição. A Gerência Regional de Educação chegou a apelar, esta semana, para universidades da região para que emprestassem móveis temporariamente. No início da tarde desta terça-feira, foi decidido que a escola receberá móveis do auditório do Colégio Estadual João Goulart, também de Balneário Camboriú, até que a situação se resolva.

Deixe seu comentário:

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação