O Hospital da Unimed de Balneário Camború, o maior hospital privado da região de Itajai, registrou só nesta quinta-feira (28), 29 internações por dengue. O número representa 20% do total de pacientes internados pela doença desde o início do ano, que soma 161. Significa que dois, a cada 10 pacientes com diagnóstico de dengue que precisaram de internação em 2024 por agravamento da doença, foram internados num só dia.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A “explosão” de internações retrata o aumento no número de casos e dengue na região ao logo dos últimos dias – o que levou o hospital a suspender as cirurgias eletivas nesta semana.

A alta ocorre também na rede pública. Pacientes relatam até sete horas de espera por atendimento no Hospital Municipal Ruth Cardoso.

Vacina contra a dengue será ampliada para novas cidades de SC

Continua depois da publicidade

A recomendação é que pessoas com sintomas leves não procurem os hospitais, para evitar gargalos. A melhor opção são os pronto atendimentos. A Unimed Litoral reforçou o atendimento online e também abriu um Núcleo Avançado na Praia Brava, Itajaí, para atender casos leves de dengue. O espaço tem médicos de plantão, estrutura para exames e hidratação.

Com boom de dengue, SC tem defasagem de 10 anos em recurso federal para agentes

Sintomas leves, que podem ser tratados no PA Digital ou no Núcleo Avançado, localizado no Espaço Viver Bem, na Praia Brava, são febre alta, dores musculares intensas, dor ao movimentar os olhos, mal estar, falta de apetite, dor de cabeça e/ou manchas vermelhas no corpo. Sintomas graves e que os pacientes devem procurar atendimento no hospital são dor abdominal forte e contínua, vários episódios de vômitos ao dia, dificuldades para respirar, sangramento de mucosas ou tonturas.

Leia mais:

Ex-governador Pinho Moreira é chamado para assumir Porto de Itajaí

Conheça o prédio onde Bolsonaro e Michelle vão passar a Páscoa em Balneário Camboriú

Destaques do NSC Total