nsc
    nsc

    Perturbação do sossego

    PM faz Patrulha do Silêncio para colocar limite às caixas de som em Balneário Camboriú

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    06/01/2019 - 10h49 - Atualizada em: 06/01/2019 - 10h57
    Foto: Divulgação PMSC

    O excesso de chamados por perturbação de sossego nesta temporada levou a Polícia Militar a implementar a Patrulha do Silêncio em Balneário Camboriú. Só nesta madrugada de sábado para domingo (6) foram apreendidas seis caixas de som na orla da Praia Central.

    O comandante do 12º Batalhão, tenente-coronel Evaldo Hoffmann, diz que o foco da operação não é o recolhimento dos equipamentos de som, mas a orientação. A primeira medida é a advertência. Se o som não baixar ou não for desligado, aí sim, os aparelhos são recolhidos.

    Segundo o coronel, as reclamações por perturbação ao sossego atingem níveis acima do normal em Balneário Camboriú neste verão. Na noite do dia 2 de janeiro, por exemplo, foram 164 ocorrências. Cruzeiros já trouxeram mais de 30 mil turistas a Balneário Camboriú neste verão

    A atuação mais firme da PM nesses casos, que começou na sexta-feira, ajudou a diminuir as estatísticas. De sábado para domingo, quando foram recolhidos os seis aparelhos, foram registradas 85 ocorrências - praticamente metade do número de denúncias que chegou no dia 2.

    O comandante ressalta que não há limite de horário para o som alto na lei. Se o volume for exagerado, e atrapalhar quem está em volta, a orientação é ligar para os órgãos de segurança. Em Balneário, PM e Guarda Municipal atendem esse tipo de ocorrência. Leia também: Réveillon de Balneário Camboriú tem 1 milhão de pessoas e 30% menos chamados à polícia

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas