publicidade

Navegue por
Dagmara

Reciclagem

Projeto de lei prevê multa para quem não separa o lixo em Balneário Camboriú

Compartilhe

Por Dagmara Spautz
24/06/2019 - 10h47 - Atualizada em: 24/06/2019 - 10h47
Foto: Diego Redel
Foto: Diego Redel

O vereador Marcelo Achutti (PP) apresentou um projeto de lei para incentivar os edifícios de Balneário Camboriú a implementarem a separação do lixo - um problema crônico na cidade. A proposta prevê notificação e multa para os prédios que não se adaptarem. O valor é baixo, R$ 150. A ideia é que a autuação seja educativa, segundo o vereador.

A Ambiental, concessionária do serviço de coleta de lixo em Balneário, tem lançado uma série de ações para aumentar o volume de recicláveis. Mesmo assim, cerca de 2 toneladas de lixo que poderia ser reciclado vai parar no aterro sanitário todo mês.

Deixe seu comentário:

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

dagmara.spautz@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação