nsc
nsc

Audiência pública

Projeto de ponte para ligar Itajaí e Navegantes será "ressuscitado"

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
28/08/2019 - 11h54 - Atualizada em: 28/08/2019 - 13h33
Foto: Luiz Carlos Souza, Arquivo Pessoal
Foto: Luiz Carlos Souza, Arquivo Pessoal

A audiência pública que discutiu a travessia de ferry boat entre Itajaí e Navegantes, que lotou a Câmara de Vereadores de Navegantes na terça-feira à noite, terminou com a proposta de reativar o projeto de uma ponte para interligar as duas cidades na área urbana. O deputado estadual Ivan Naatz, que propôs a audiência por meio da Comissão de Transportes e Desenvolvimento Urbano da Assembleia Legislativa (Alesc), listou uma série de encaminhamentos a serem feitos nos próximos meses, para tirar a ponte do papel.

Naatz pretende buscar apoio da Frente Parlamentar Catarinense, em Brasília, para obter recursos. Mas também deve oficial a Associação dos Municípios da Foz do Itajaí-Açu (Amfri) para resgatar um projeto, financiado pelo Governo do Estado em 2012, que não teve andamento. A ideia é entender por que as discussões que envolvem a ponte paralisaram.

Na audiência, ficou claro que a melhor alternativa seria uma ponte na região da Barra do Rio, à montante do Itajaí-Açu, com vão entre 30 e 38 metros. A localização é um ponto chave no custo da obra – uma ponte no Centro na altura do terminal principal do ferry boat, seria inviável economicamente. O local já foi apontado como propício no levantamento feito pelo projeto InovAmfri, de mobilidade regional, que prevê financiamento das obras por parte do Banco Mundial.

A reunião terminou com uma nova audiência pré-agendada, para março do ano que vem, em que serão discutidos os avanços do projeto. Nem o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni (MDB), nem o de Navegantes, Emílio Vieira (PSDB), participaram da reunião. Itajaí não enviou nenhum representante. O Governo do Estado foi representado pelo diretor de Transportes da Secretaria de Estado de Infraestrutura, Ivan Amaral.

Licitação

A audiência pública, e a proposta de reativar o projeto da ponte, chegam no momento em que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou que o Estado licite o serviço de ferry boat. O secretário de Estado de Infraestrutura, Carlos Hassler, confirmou à coluna que o Estado vai cumprir a decisão e licitar o serviço, que hoje está sob responsabilidade da empresa NGI Sul.

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas