nsc
nsc

Festa do mar

Saiba tudo sobre a Marejada, que começa dia 8 de outubro em Itajaí

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
27/09/2019 - 08h27 - Atualizada em: 27/09/2019 - 09h26
Sardinhas na brasa (foto: Fabiano Correia)
Sardinhas na brasa (foto: Fabiano Correia)

Familiar, inclusiva e sustentável. É como o secretário de Turismo de Itajaí, Evandro Neiva, define a 33ª edição da Marejada, que foi apresentada oficialmente pela prefeitura nesta quinta-feira à noite. A expectativa é que a festa, que começa no dia 8 e vai até 20 de outubro, supere os 207 mil visitantes que contabilizou no ano passado.

A Marejada terá 10 restaurantes que servirão da sardinha na brasa ao bolinho de bacalhau, passando pelo hambúrguer e o churrasco.

A cervejaria Germânia venceu a licitação para três anos seguidos, e estreia nesta edição. O chope pilsen será vendido a R$ 10, e os especiais a R$ 12. A festa também terá espaço para 9 cervejarias artesanais locais, escolhidas por meio de chamada pública. Os chopes artesanais custarão R$ 13 – todos de 400 ml.

Copos retornáveis e colecionáveis da Marejada
Copos retornáveis
(Foto: )

Plástico zero

Esta é uma das novidades da festa, que será a primeira “plástico zero” em Santa Catarina: além dos copos retornáveis e colecionáveis, que já foram usados na edição do ano passado, desta vez todo o material da gastronomia da Marejada será livre de plástico. Uma parceria com a Klabin desenvolveu embalagens ecológicas, e até os talheres serão de madeira de reflorestamento.

Durante a Marejada também ocorrerá o Fórum Kids de Sustentabilidade, que alcançará cerca de 2 mil crianças do 2º ao 5º ano das escolas de Itajaí.

Desafio

Este ano, a organização propôs um desafio tecnológico: a ideia é desenvolver soluções de inovação para as próximas edições da festa. O concurso é organizado em parceria entre o Núleo de Tecnologia e Inovação da Associação Empresarial de Itajaí (Nuti-ACII) e o Sebrae.

Uma das inovações implantadas este ano é o cardápio em QR Code, para ser baixado no celular.

Inclusão

A edição 2018 da Marejada foi considerada a primeira festa acessível do Estado, e o projeto segue este ano. O Plano de Acessibilidade inclui cardápios com áudio descrição, banheiros acessíveis, equipe de Libras de plantão Balcão da Acessibilidade com a presença de monitores do Conselho Municipal de Direitos das Pessoas com Deficiência (Comadefi).

Regata

A Marejada está intimamente ligada ao mar e ao Itajaí-Açu, e a Regata Marejada já virou tradição. A 7ª Etapa da Copa Veleiros do Oceano será disputada no trajeto entre Jurerê, em Florianópolis, e a Vila da Regata de Itajaí, onde ocorre a Marejada.

Atrações

Serão mais de 100 atrações musicais e apresentações artísticas, todas regionais, durante a programação.

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas