nsc

publicidade

Dagmara

Economia

Santa Catarina terá 53 escalas de cruzeiros e movimentação de R$ 87 milhões

Compartilhe

Por Dagmara Spautz
09/09/2019 - 11h11
Foto: Diorgenes Pandini
Foto: Diorgenes Pandini

A temporada de cruzeiros começa em novembro, com 53 escalas de transatlânticos em Santa Catarina e a expectativa de movimentar cerca de R$ 87 milhões. O cálculo leva em conta o quanto cada passageiro representa, economicamente, para cada cidade que recebe uma escala.

Nesta temporada, a novidade no Estado é a reestreia de Itajaí, que se une a Balneário Camboriú e Porto Belo na rota dos cruzeiros. Receberá 30 mil turistas, que vão embarcar no Porto de Itajaí para viagens pela América do Sul. São 13 embarques confirmados.

Com 26 escalas previstas – o maior número do Estado – o Atracadouro Barra Sul, em Balneário Camboriú, tem uma estimativa de 90 mil cruzeiristas. Três operadoras de cruzeiros trarão suas embarcações para Balneário: MSC, Costa Cruzeiros e Pullmantur.

Porto Belo, por sua vez, tem expectativa de 14 escalas, com 50 mil passageiros a bordo.

As paradas em SC costumam ter uma boa média de desembarques de passageiros e tripulantes, que varia de 60% a 90% - o que movimenta a gastronomia,o comércio, e reflete no turismo regional.

Economia

A alimentação está entre setores que mais têm reflexo da movimentação de cruzeiros na costa brasileira. Os navios foram responsáveis por injetar R$ 228 milhões no comércio de alimentos e bebidas no último verão.

Deixe seu comentário:

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

dagmara.spautz@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade