nsc
nsc

Balneário Camboriú

Tribunal de Contas investiga edital que concedeu terreno público para roda gigante

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
28/07/2019 - 11h50 - Atualizada em: 28/07/2019 - 14h24
A Big Wheel já recebeu alvará de construção da prefeitura de Balneário Camboriú (Foto: Reprodução)
A Big Wheel já recebeu alvará de construção da prefeitura de Balneário Camboriú (Foto: Reprodução)

O Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCESC) instaurou um procedimento para investigar o edital que cedeu um terreno público de 694 metros quadrados, no costão do Pontal Norte, para instalação da Big Wheel. A denúncia, apresentada pelo Instituto Pró-Natura, afirma que teria havido direcionamento para beneficiar o empreendimento.

O Tribunal informou que a representação está em fase final de analise técnica e seguirá para a relatora, Sabrina Nunes Iocken, antes de ser analisada em plenário.

Improbidade

Na última quinta-feira (25), o Instituto protocolou uma ação civil pública em que pede a responsabilização do prefeito Fabrício Oliveira por improbidade administrativa.

O edital em questão foi lançado em abril deste ano, para empresas interessadas em implantar e explorar um parque com roda gigante no terreno do município.

A outorga, válida por 20 anos, foi concedida à Big Wheel por R$ 700 mil.

Autorizada

A Big Wheel já recebeu alvará de construção da prefeitura de Balneário Camboriú. Os empreendedores aguardam, no entanto, o resultado de um recurso do Ministério Público ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), para iniciarem as obras.

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas