publicidade

Navegue por
Dagmara

Polícia

Vizinha que atrapalhava intimidade de casal vira caso de polícia em Balneário Camboriú

Compartilhe

Por Dagmara Spautz
18/03/2019 - 11h49 - Atualizada em: 18/03/2019 - 17h18
Reprodução
Reprodução

A Polícia Militar atendeu um chamado, no mínimo, inusitado no fim de semana em Balneário Camboriú. Uma mulher ligou para o número de emergência relatando que não conseguia ter relações sexuais com o marido porque a vizinha batia na porta para interromper – o que, segundo ela, já havia ocorrido três vezes.

A PM enviou uma viatura ao local, por receio de uma briga entre os vizinhos. Segundo o comandante do 12º Batalhão, tenente-coronel Alexandre Coelho Vieira, os policiais informaram que não havia crime. Explicaram à vizinha que se sentiu incomodada, e batia na porta, que o barulho não era alto a ponto de configurar perturbação ao sossego.

Em 28 anos de polícia, o comandante diz que já viu todo tipo de ocorrência – mas esta, foi a primeira vez.

Deixe seu comentário:

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação