nsc
nsc

Investimentos

Moisés leva pacote de mais de meio bilhão ao Sul catarinense

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
03/01/2022 - 13h21 - Atualizada em: 03/01/2022 - 13h22
Trecho da SC-108 que será duplicado ao custo de R$ 200 milhões
Trecho da SC-108 que será duplicado ao custo de R$ 200 milhões (Foto: Denis Luciano / Arquivo)

R$ 556 milhões. Essa é a soma dos recursos envolvidos em diversas liberações e autorizações de obras que o governador Carlos Moisés fará na próxima quinta-feira (6) em visitas a Forquilhinha, Içara, Cocal do Sul e Criciúma, no Sul catarinense. - Será um grande presente para todos nós - comemora o prefeito Fernando de Fáveri (MDB), de Cocal do Sul, cidade que está envolvida no maior aporte.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Na visita que fará em Cocal do Sul às 16h de quinta-feira, Moisés assinará a ordem de serviço para a execução da duplicação da SC-108 entre Criciúma e Urussanga. No percurso, Cocal do Sul ganhará um Anel de Contorno Viário, que removerá todo o fluxo pesado que hoje passa pelo Centro da cidade. O governador já havia anunciado esse investimento no fim de agosto, durante um evento em Criciúma.

Na ocasião, estimava-se que a obra custaria R$ 227 milhões. Veio para R$ 200 milhões. - Vai resolver um problema histórico de Cocal do Sul e criar um novo eixo de desenvolvimento - projeta Fáveri. A rodovia constará de 4,6 quilômetros duplicados entre o acesso ao Anel Viário de Criciúma e a rótula da SC-443, em Cocal do Sul. A partir daí, serão 9 quilômetros do anel circundando a área urbana da cidade e, mais em frente, outros 8 quilômetros de pista duplicada até a chegada em Urussanga.

> SC investiga casos suspeitos de 'flurona', infecção de Covid-19 e H3N2

Ainda em Cocal do Sul, Moisés assinará a liberação dos R$ 16 milhões aos quais a cidade tem direito dentro do Plano 1000, que converte R$ 1 mil para investimentos por habitante, para obras de infraestrutura.

Em Cocal do Sul, governador anunciará rodovia e verba do Plano 1000
Em Cocal do Sul, governador anunciará rodovia e verba do Plano 1000
(Foto: )

Aeroporto na pauta

A agenda de Carlos Moisés na região começará em Forquilhinha onde, a partir das 9h30min, oficializará a assinatura do Plano 1000 que converterá R$ 27 milhões ao município. Ele será recebido pelo prefeito José Cláudio Gonçalves, o Neguinho (PSD).

No ato, ainda, será assinada a ordem de serviço para as obras de recuperação do Aeroporto Diomício Freitas, avaliadas em R$ 16 milhões. Serão 6 meses de trabalhos para a construção de uma nova pista, instalação de equipamentos para navegação noturna e sob neblina além de revitalização do cercamento. A intenção é qualificar o aeroporto para voltar a receber voos comerciais ainda em 2022.

> Saiba quais concursos estão abertos em SC em janeiro

Duplicação de rodovia em Içara

De Forquilhinha, Carlos Moisés irá para Içara, onde confirmará à prefeita Dalvania Cardoso (PP) o repasse de R$ 57 milhões pelo Plano 1000. O governador receberá o projeto finalizado para a primeira etapa da duplicação da SC-445, em um trecho de 2 quilômetros a partir da BR-101. Faltavam ajustes no projeto original, que já foram feitos. Esse trecho tem investimento projetado de R$ 20 milhões. A segunda etapa, com 7 quilômetros, está com a elaboração do projeto recém contratada pela prefeitura.

Depois de Içara, Carlos Moisés partirá para Criciúma, onde tomará parte de um dos eventos, do aniversário de colonização do município, que comemora no dia 6 os 142 anos da chegada dos primeiros imigrantes italianos. O governador participará da inauguração do Centro de Convivência da Terceira Idade (CCTI), construído com recursos da prefeitura, e assinará com o prefeito Clésio Salvaro (PSDB) o repasse de R$ 220 milhões pelo Plano 1000 para a cidade.

Governador estará na inauguração do CCTI em Criciúma
Governador estará na inauguração do CCTI em Criciúma
(Foto: )

Leia também:

> Morre João Abel Benedet, nome histórico do comércio em Criciúma

> A bandeira da Palestina voltou ao Parque das Nações em Criciúma

> Com o reforço de um bezerro, vem aí a versão 2022 da Rifa da Fazendinha

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas