nsc
    nsc

    Paralela

    Circuito de arte e arquitetura em Floripa debate direitos dos cidadãos

    Compartilhe

    Edsoul
    Por Edsoul
    06/09/2018 - 07h00

    A saga em busca de um banho - Foto Cassiana Lopes, divulgação

    No 30º aniversário da Constituição Federal, artistas, arquitetos e entusiastas propõem uma reflexão sobre os direitos que deveriam ser garantidos  a todos os cidadãos no circuito Paralela Arquitetura e Artes. O evento foi contemplado pelo Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura de 2017 e ocorre de 14 a 22 de setembro em Florianópolis. Todas as atividades são gratuitas.

    Na programação, estão previstas 32 ações desenvolvidas a partir da temática O que te constitui?. São oficinas, intervenções e conversas que provocam e pretendem fazer o público pensar sobre a lei máxima que rege os brasileiros.

    Filmes, teatro de rua, dança, música, performance, bate-papos, cursos, oficinas, caminhadas guiadas e exposições são algumas das manifestações artísticas e culturais confirmadas.

    Durante uma semana, o público poderá refletir sobre a luta indígena em um cinema itinerante ou compreender o descaso como são tratadas as pessoas em situação de rua em um teatro-denúncia. Também será possível participar da criação de uma pracinha para crianças ou aprender a usar o rap para se manifestar. “Dançar” direitos em um diálogo com arquitetura ou participar de um quiz em praça pública.

    – Queremos aquecer o debate de questões de cidadania, direitos e as implicações da Carta Magna em nosso cotidiano, nossos corpos e nossa cidade – explica Lucas Reitz, arquiteto e membro da organização.

    As atividades ocorrem em espaços públicos e privados, com ações na região central da cidade, no norte e no sul da Ilha, e no Continente.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas