publicidade

Navegue por
Eduarda

Nova fábrica

Cerveja artesanal em crescimento na Serra Catarinense

Compartilhe

Por Eduarda Demeneck
12/07/2019 - 16h52 - Atualizada em: 12/07/2019 - 16h52
Cervejaria Princesa da Serra investirá R$ 1 milhão em ampliação e deve ser inaugurada no aniversário de Lages (Foto: Divulgação)

Está prevista para acontecer em novembro a inauguração da ampliação da primeira fábrica de cerveja artesanal de Lages. Com investimentos no valor de R$ 1 milhão, a fábrica Princesa da Serra vai passar da produção de cinco mil litros para 20 mil litros mensais. O local será incluído na rota turística da Serra. O projeto arquitetônico terá ainda a gastronomia como aliada dessa experiência cervejeira, com pratos de truta e tilápia.

“Este roteiro abrangerá a visita às fazendas de lúpulo em Lages. Na primeira reunião tivemos a presença de dez cervejarias que atuam na Serra, mostrando a força e dinâmica do setor. O mercado da cerveja artesanal está em plena expansão e a inclusão do destino cervejeiro é extremamente salutar. Atualmente na Serra já existem, entre as cervejarias tradicionais e ciganas, dez cervejarias que criam um ambiente propício para a construção da rota da cerveja na Serra.” – Comenta o executivo de Turismo, Luís Carlos Pinheiro Filho.

Os primeiros testes estão previstos para agosto, com a conclusão da instalação das máquinas vindas de Bento Gonçalves (RS). A inauguração deve acontecer em meados de novembro. Para fortalecer ainda mais o setor, a Serra já conta com uma associação. Na região estão sendo produzidas cervejas com gosto familiar, ou seja, pinhão e maçã estão se transformando na bebida. Anderson Fabiano Varela é responsável pela Frostbier, a primeira cerveja artesanal da Serra Catarinense e precursora no mundo a utilizar o pinhão em sua composição. Por mês produz de seis a oito mil litros de cerveja de pinhão.

Divulgação
(Foto: )

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação