nsc
nsc

Vidas perdidas

Com UTI lotada, 37 pessoas morreram com Covid-19 à espera de leitos em Lages

Compartilhe

Eduarda
Por Eduarda Demeneck
21/03/2021 - 08h29 - Atualizada em: 21/03/2021 - 08h32
Em 20 dias, 37 pessoas morrem a espera de leito de UTI em Lages
Em 20 dias, 37 pessoas morrem a espera de leito de UTI em Lages (Foto: Aline Borba, Ary Barbosa)

Na Serra Catarinense, o número de pessoas que morreram à espera de leitos de UTI Covid já chega a 37. São mortes que aconteceram nos hospitais da região, na Unidade de Pronto Atendimento de Lages e no Centro de Triagem. Até então, isso não tinha acontecido na região. Segundo o Secretário de Saúde de Lages, Claiton Camargo, isso é reflexo da demanda de atendimentos com casos mais graves. Desde o início do mês, os 56 leitos de UTI Covid, no hospital Tereza Ramos e no Nossa Senhora estão com 100% de ocupação.

>>UPA de Lages abre leitos para receber pacientes com Covid-19 que aguardam UTI

Neste sábado (20), 31 pacientes graves com coronavírus aguardavam por leitos de UTI, outros 14 por leitos de enfermaria. Lages até teve uma redução de cerca de 14% nos casos ativos de COVID-19, depois de implantar medidas mais restritivas. Mas, nos hospitais a demanda não baixou. O que se observa é que são pacientes mais jovens, entre 25 e 40 anos, e que chegam com quadros mais graves.

>>Casos de Covid-19 em Lages têm queda após restrições

Eduarda Demeneck

Colunista

Eduarda Demeneck

Os principais acontecimentos de Lages e região.

siga Eduarda Demeneck

Eduarda Demeneck

Colunista

Eduarda Demeneck

Os principais acontecimentos de Lages e região.

siga Eduarda Demeneck

Mais colunistas

    Mais colunistas