nsc

publicidade

Eduarda

Projeto

Mais de R$ 55 mil reais são regularizados em projeto piloto da justiça 

Compartilhe

Por Eduarda Demeneck
19/03/2019 - 11h48 - Atualizada em: 19/03/2019 - 11h53
Foto: Taina Borges

O mutirão para regularizar crédito acontece no Juizado Especial Cível da comarca de Lages desde semana passada. Em 24 audiências foram 16 acordos, que juntos passam dos R$ 55 mil reais. Na maioria das ações, a dívida foi parcelada. Nesta semana outras 50 audiências estão marcadas com devedores de um comércio de vestuário de Lages. A ideia é estabelecer o diálogo entre credor e devedor, com a mediação do poder judiciário, para a regularização do crédito em processos de cobrança.  As conversas entre empresários, advogados e os devedores acontecem no Fórum e são mediadas pelo juiz leigo César Motta Castella Júnior.

 “A ideia foi ouvir da parte devedora se gostaria de quitar a dívida e, principalmente, de que maneira esse negociação ficaria boa para ambas. O mais importante foi ajustar a proposta para que coubesse no planejamento financeiro mensal. O objetivo é possibilitar que cumpra o acordo de pagamento até o fim”. – explica o juiz.

O programa vem sendo planejado desde o ano passado. Ainda neste mês, a CDL fará a indicação de 10 empreendimentos para um mutirão de conciliação pensado para abril. Em maio se faz uma avaliação e ajustes para o de junho. E em julho encerra a primeira fase das atividades com a entidade.

Deixe seu comentário:

publicidade