nsc

publicidade

Eduarda

Roubo

Objetos de bronze são furtados em cemitério de Lages

Compartilhe

Por Eduarda Demeneck
20/05/2019 - 17h44
(Foto: Prefeitura de Lages)

Em cinco dias um dos maiores cemitérios municipais de Lages, o Cruz das Almas, teve 32 jazigos e sepulturas vandalizados, o levantamento é da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente. De acordo com o órgão, o alvo foram os objetos de bronze. Só neste fim de semana (18 e 19 de maio) foram furtadas portas e janelas de alumínio, placas de identificação e letras de bronze, além, de tampos mexidos. De acordo com o coordenador do cemitério, Anderson Daniel de Liz, desde o dia 14 de maio esses danos começaram a ser registrados. O caso foi levado para delegacia.

“As famílias estão sendo informadas e o secretário Eroni Delfes entrará em contato com a Coordenadoria de Segurança e Trânsito em reivindicação de apoio com rondas e um ou dois guardas noturnos. Será enviado um pedido de policiamento ostensivo na região à Polícia Militar, para coibir novos atos. Em relação aos objetos, cada proprietário é responsável por sua construção.” – Explica a nota da prefeitura de Lages.

Denúncias podem ser feitas pelo número 190, da Polícia Militar, na administração do cemitério no (49) 3221-1103 ou à Secretaria de Serviços Públicos (49) 3221 1068.

Vandalismo é registrado em outros setores públicos

No Terminal Rodoviário Dom Honorato Piazera, até mesmo, os banheiros que acabaram de passar por reformas foram alvos de vândalos. Há registros de vandalismo nas pias e torneiras. Já nas ruas da cidade os alvos são as lixeiras de plásticos e concretos, danificadas com chutes. Abrigos de ônibus também são depredados, assim como os aparelhos das Academias da Melhor Idade e parques infantis. A iluminação pública também está sendo prejudicada. Segundo a Secretaria de Serviços Públicos, alguns postes são danificados propositalmente com armas de fogo, nesses casos as chamadas bandejas, que protegem as lâmpadas, ficam perfuradas.

Deixe seu comentário:

publicidade