nsc

publicidade

Serra de SC

Operação de combate à venda de diplomas prende duas pessoas em Lages

Compartilhe

Eduarda
Por Eduarda Demeneck
09/08/2019 - 10h36 - Atualizada em: 09/08/2019 - 10h44
Foto: Divulgação

Duas pessoas foram presas temporariamente em Lages, nesta sexta-feira (8), na operação Diploma Fácil. Os presos são suspeitos de praticarem crimes relacionados com a venda de diplomas de conclusão de curso superior para utilização em concursos públicos que exigem esse grau de escolaridade.

Os suspeitos também tiveram a quebra de sigilo bancário e o sequestro de valores. As prisões ocorreram em ação Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco).

De acordo com as investigações, após realizarem os respectivos pagamentos, os alunos recebiam provas já respondidas e trabalhos prontos, tudo com o fim de obterem, em tempo mínimo (até três meses), os respectivos diplomas", informa a nota do Ministério Público de Santa Catarina.

Foram cumpridos ainda 15 mandados de busca e apreensão. Celulares, computadores, contratos, diplomas, trabalhos, provas e comprovantes de pagamentos estão entre os materiais apreendidos na operação.

Todos foram expedidos pelo Juízo da 3ª Vara Criminal da Comarca de Lages e cumpridos por Policiais do Gaeco policiais civis da DIC/Lages e policiais militares da Agência de Inteligência do 6º BPM/Lages.

Acesse as últimas notícias do NSC Total

Deixe seu comentário:

Eduarda Demeneck

Colunista

Eduarda Demeneck

Os principais acontecimentos de Lages e região.

siga Eduarda Demeneck

publicidade