Florianópolis

publicidade

Eduarda

Rodovia

Passarela na BR-282 começa a ser erguida no fim de semana

Compartilhe

Por Eduarda Demeneck
13/06/2018 - 06h00 - Atualizada em: 13/06/2018 - 06h00
(Eduarda Demeneck, Diário Catarinense)

Para atravessar a pé ou de bicicleta pelo trecho da BR-282, no perímetro urbano de Lages, é preciso muita atenção. O local foi duplicado em 2014, mas até hoje as passarelas para que a população tenha acesso aos bairros com segurança ficaram só na promessa. Agora, a previsão é de que as obras terão início. Sábado, a primeira das cinco passarelas previstas ao longo do trecho da BR-282 deve começar a ser colocada no Distrito de Índios. As outras quatro devem ficar prontas até janeiro de 2019.

– Os projetos da segunda passarela, que seria do bairro Bates, e a quinta, no bairro São Franscisco, estão prontos, esperando a aprovação em Brasilia. As outras duas passarelas do Bairro Gethal e do Bairro Frei Rogério ainda dependem de desapropriação – explica Enio Spiker, Engenheiro do Dnit de Lages.

Veja também: MDB vai decidir candidato ao governo na próxima segunda-feira

 

O valor que o governo federal está pagando para a empresa elaborar os projetos e executar os serviços é de R$ 5,7 milhões. Desde 2014, existe a previsão de construção das estruturas, mas erros em projetos acabaram adiando o inicio. No local, é comum os moradores se arriscarem passando de um lado para ou outro, em meio aos carros a mais de 50 km/h. A dona de casa, Antoniele Dutra precisa fazer a travessia com os três filhos para poder ter acesso a saúde.

– Uma vez por mês, quando tenho que levar as crianças no postinho, faço esse trajeto, ou até mesmo se a gente precisa de alguma coisa do outro lado da BR, tem que passar por aqui. Dá medo, é muito perigoso, porque tem carro que não respeita, né? – comenta Antoniele.

Por conta do perigo, só neste ano duas pessoas morreram. Um dos acidentes ocorreu na segunda-feira à noite. Moacir Klettenberg, de 57 anos, tentava atravessar quando foi atropelado por uma caminhonete e morreu na hora.  

 

Leia outras publicações de Eduarda Demeneck

Deixe seu comentário:

publicidade

Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação
Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação