publicidade

Navegue por
Eduarda

Histórias

Primeira adoção do Estado por casal de mulheres em Lages

Compartilhe

Por Eduarda Demeneck
23/05/2019 - 16h33 - Atualizada em: 25/05/2019 - 09h43
(Foto: Taina Borges / Núcleo de Comunicação Institucional do TJSC – Comarca de Lages)

Neste sábado, dia 25 de maio, se comemora o Dia Nacional da Adoção. Em Santa Catarina, foi em Lages onde a primeira adoção de uma criança por duas mulheres ocorreu, há 18 anos. Ângela de Liz da Silva e Helena Cristina Niggemann são casadas há 21 anos, e o desejo de ter um filho sempre foi das duas, oportunidade que surgiu quando o menino Fábio, como foi batizado por elas, apareceu em suas vidas.

Na época, ele tinha pouco mais de um ano de idade. Foi adotado por outro casal, mas devolvido no estágio de convivência depois de saberem dos problemas de saúde do menino.

— Eu sempre soube que ele era meu. Nossa ligação é muito forte e vem de bem antes de nos conhecermos — diz Ângela.

Com isso, elas se tornaram o primeiro casal homoafetivo feminino do Estado a adotar uma criança. Além disso, em Santa Catarina, elas foram o primeiro casal de mulheres com a união registrada em cartório. Em 2001, mais um feito, conseguiram ter o nome das duas na certidão de nascimento do filho adotivo.

“Tenho uma família completa e sou muito feliz com as minhas duas mães”, diz sorrindo Fábio Nícolas Niggemann da Silva

Assine o NSC Total para ter acesso ilimitado ao portal, ler as edições digitais do DC, AN e Santa e aproveitar os descontos do Clube NSC. Acesse assinensc.com.br e faça sua assinatura.

Deixe seu comentário:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação