nsc
    nsc

    publicidade

    Prevenção

    Com tecnologias, ponto de apoio para motoristas da BRF ajuda evitar acidentes

    Compartilhe

    Estela
    Por Estela Benetti
    09/10/2019 - 15h13 - Atualizada em: 09/10/2019 - 15h18
    BR-101 (Foto: Gabriel Lain / Diário Catarinense

    Um trecho da BR-470 no município de Lontras, Alto Vale do Itajaí, que registrava acidentes de caminhão de madrugada com cargas da BRF, não tem ocorrências desde abril do ano passado. A razão da mudança é o ponto de apoio da empresa, que oferece serviços de qualidade e uma moderna sala de Alerta do Sono, com luminoterapia, uma tecnologia que tem como objetivo suprimir a produção de melatonina, permitindo ao motorista controlar a sonolência. Na prática, são luzes que imitam o sol e, assim, deixam as pessoas mais acordadas.

    — Desde que iniciamos o funcionamento da sala de Alerta do Sono não tivemos acidentes nos horários e locais mais perigosos do trajeto em direção ao litoral de Santa Catarina — observa José Perottoni, diretor de Logística Global da BRF.

    O espaço, que fica em ponto estratégico da BR-470, oferece equipamentos para atividades físicas e materiais para motoristas descansarem. De abril a dezembro do ano passado passaram pelo local 350 veículos e foram realizadas 1,7 mil paradas de apoio.

    Segundo Perottoni, este é um projeto piloto. O trecho, com tráfego intenso, foi escolhido porque a análise de dados apontou um alto índice de acidentes noturnos. De janeiro a setembro deste ano, passaram pelo local 450 da empresa veículos com mais de 5 mil paradas pelo ponto. O principal destino são os portos catarinenses. Diante dos resultados da iniciativa, a BRF estuda instalar mais dois pontos assim em rodovias do Paraná.

    Deixe seu comentário:

    publicidade