nsc
    nsc

    Solidariedade na crise

    Coronavírus: Carga de álcool 70 doada pela UNICA a SC chega sexta

    Compartilhe

    Estela
    Por Estela Benetti
    25/03/2020 - 21h13
    Caminhão carregado de álcool sai de São Paulo. SC vai receber duas cargas. Foto: Unica, divulgaçã
    Caminhão carregado de álcool sai de São Paulo. SC vai receber duas cargas. Foto: Unica, divulgação

    Santa Catarina é um dos seis Estados contemplados com doação de álcool articulada pela União da Industria de Cana-de-Açúcar (ÚNICA). O primeiro carregamento ao Estado terá 45 mil litros de álcool 70 (álcool hospitalar), saiu nesta quarta-feira de Paraguaçu Paulista, interior de São Paulo, com destino a Joinville, devendo chegar nesta sexta-feira.

    A doação é para o Sistema Único de Saúde (SUS) estadual. O produto, que vem em um caminhão tanque, vai direto para a indústria de bebidas 101 do Brasil, em Joinville, que fará o envaze em frasco de 900 ml com rótulo identificador. A empresa 101 do Brasil também doou no sábado 200 mil litros de álcool 70 para o SUS de SC. Como a ÚNICA doou 70 mil litros, o setor de saúde estará recebendo 270 mil litros de álcool nas próximas semanas.

    A empresa 101 começou a embalar a doação própria hoje e trabalhará nisso por três dias. Depois iniciará o envaze do produto da ÚNICA, para o qual também doará as embalagens e a distribuição nos locais indicados pelo SUS. Para esse trabalho em dois turnos, a 101, que emprega 300 pessoas, vai atuar com 10% do pessoal.

    As usinas de álcool associadas da ÚNICA estão doando 1 milhão de litros do produto para seis Estados do Sul e Sudeste. Estão sendo contemplados, além de SC, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná e Espírito Santo. A produção foi possível porque a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu licença temporária dia 19 de março. Há a opção de transformar em álcool gel, mas a 101 não atua com esse produto, por isso será apenas líquido.

    O presidente da UNICA, Evandro Gussi, diz que o objetivo é contribuir com o abastecimento das unidades públicas de saúde, de forma gratuita.

    -Vivemos um momento que demanda união e criamos uma verdadeira operação de guerra para superar os desafios impostos pelo COVID-19 e contribuir com diversos estados do país – explicou Gussi.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas