nsc

publicidade

Estela

Entrevista

“Foram investidos R$ 132 milhões em automação”, diz diretor da BMW em SC

Compartilhe

Por Estela Benetti
09/08/2019 - 05h30 - Atualizada em: 09/08/2019 - 13h42
(Foto: BMW / Divulgação)

Empresa global com foco em tecnologia e líder brasileira no segmento de luxo, a BMW investiu R$ 132 milhões em automação na fábrica de Araquari, onde começou a ser fabricado no Brasil esta semana o novo BMW Série 3 330i M, com avançada inteligência artificial. O diretor geral da companhia em SC, Mathias Hofmann, falou com a coluna sobre mobilidade do futuro, carros elétricos e outros temas.

Por que montar o novo BMW Série 3 em Araquari?

O BMW Série 3 é o modelo mais vendido pela BMW no mundo, um sinônimo de tecnologia e do prazer de dirigir. Por isso ele foi nossa primeira unidade produzida, em outubro de 2014. Nossa qualidade global nos permite produzir todas as tecnologias e modelos do BMW Group localmente e, pelo volume de vendas esperado para o mercado brasileiro, este veículo é importante para nossa produção local. Além do 330i M, em breve produziremos também a versão de entrada, o BMW 320.

Quanto a empresa investiu para montar esse modelo em SC?

Inicialmente, investimos acima de R$ 1 bilhão em Araquari. Recentemente, foram investidos R$ 132 milhões adicionais para produção dos novos BMW Série 3, X4 e X5. Este aporte foi feito em automação nas diversas áreas da fábrica em 2018 e 2019 com foco na melhoria da qualidade, produtividade, segurança e ergonomia (bem estar dos colaboradores).

O que a tecnologia representa para o presente e o futuro dos veículos?

BMW Group hoje é uma empresa de mobilidade premium e vamos muito além do automóvel. O futuro é cada vez mais autônomo, conectado, compartilhado e eletrificado. O novo assistente pessoal inteligente permite uma interação dos clientes com o veículo por voz, tornando essa conexão mais prática e fácil. E teve seu desenvolvimento nacional pelo nosso time de engenharia também localizado aqui em Santa Catarina.

Por meio do assistente pessoal inteligente, é possível descobrir pontos de interesse nas redondezas, alterar a iluminação interna, verificar necessidade de manutenção e muito mais. E o melhor: tudo por meio de comandos de voz. O sistema usa inteligência artificial para evoluir e vai interagir cada vez mais com os clientes BMW. Desenvolvida em português para o mercado nacional, com apoio da engenharia do BMW Group Brasil, a tecnologia está presente em 10 países — entre eles o Brasil — com processamento online de conteúdo e, ao contrário de outros assistentes digitais, permite receber um nome específico definido pelo motorista.

As funcionalidades do sistema serão permanentemente atualizadas. A tecnologia integra o novo Sistema Operacional BMW 7.0, que, no novo BMW Série 3 e também no X5 produzido localmente, oferece inúmeras funcionalidades.

 A BMW Group anunciou, em nível mundial, a antecipação da produção de carros elétricos de 2025 para 2023. Por que essa decisão?

No BMW Group, temos a Strategy Number one Nex, uma estratégia clara e apontada para uma realidade cada vez mais eletrificada, autônoma, conectada e compartilhada. Somos líderes mundiais em eletrificação, incluindo veículos híbridos e elétricos. Com este foco, queremos seguir líderes na oferta de serviços com foco na mobilidade premium em todo o mundo. E não será diferente no Brasil. Começamos a eletrificação no país em 2011, com as vendas dos BMW Série 3 e Série 7 Active Hybrid. Pouco depois, em 2014, fomos pioneiros em oferecer um veículo elétrico no Brasil, o BMW i3, e aumentamos a oferta de eletrificação, com o híbrido BMW i8. Temos também versões híbridas dos BMW Série 5 e MINI Countryman no mercado nacional.

Ao lado de parceiros estratégicos, implementamos mais de 100 pontos de recarga no Brasil e conectamos cidades como Rio de Janeiro e São Paulo com carregadores rápidos. Este ano, temos uma ofensiva para chegar aos 150 pontos de recarga para híbridos e elétricos em todo o país. Eu dirijo um BMW i3 elétrico e acredito muito na tecnologia. Os volumes do mercado nacional ainda não permitem sua produção local. Mas, cabe aqui ressaltar que a flexibilidade, qualidade e nossa tecnologia em Araquari nos permite produzir qualquer veículo BMW.

Quantos modelos estão sendo montados em Araquari?

Atualmente, a BMW produz em Araquari os seguintes modelos: Série 3, X1, X3, X4 e X5. Usamos 25% da capacidade instalada. Este ano, por conta da introdução dos novos modelos, tivemos um primeiro semestre de renovação com menor produção e vamos acelerar o ritmo nesta reta final de 2019. No Brasil, o BMW Group emprega aproximadamente 1000 colaboradores.

Qual é a posição da BMW no mercado de carros de luxo no Brasil e em SC e quais são as expectativas para o mercado?

A BMW é líder do mercado automotivo brasileiro premium. Quero aproveitar aqui para agradecer aos clientes por este resultado e, em especial aos clientes de Santa Catarina por eleger a nossa marca a mais lembrada na pesquisa “Top of Mind” promovida pela NSC. Temos orgulho de produzir em um estado com boas opções de logística para portos, aeroportos e estradas, com formação técnica e também a proximidade com a cultura alemã.

Esperamos seguir com nossa estratégia, promovendo a mobilidade premium. O mercado de luxo brasileiro ainda é pequeno se comparado a outros países, mas acreditamos no potencial do país e por isso estamos aqui com nossa fábrica de automóveis em Araquari e outra, para produzir motocicletas, em Manaus (AM).

A empresa tem plano para ampliar a produção em SC visando exportação?

Nosso produtos são globais e também o nosso padrão de qualidade. Desde Araquari já exportamos o BMW X1 para os países do NAFTA. Nossa fábrica tem como foco principal o mercado local. Gostaríamos sim de exportar, estamos sempre abertos para novas oportunidades. Hoje, no entanto, não há um plano concreto para exportar desde Araquari

Deixe seu comentário:

Estela Benetti

Estela Benetti

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

estela.benetti@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade