nsc

publicidade

Administração

Índice aponta leve melhora nas contas públicas de prefeituras em Santa Catarina

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
01/11/2019 - 07h18 - Atualizada em: 01/11/2019 - 08h02
Gestão fiscal da Capital melhora um pouco Foto: Gabriel Lain
Gestão fiscal da Capital teve leve melhora em cinco anos Foto: Gabriel Lain

Elaborado com o objetivo de mostrar como evoluem as principais despesas dos municípios brasileiros, o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), calculado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, mostra uma leve melhora nas contas públicas de prefeituras de Santa Catarina. O número de municípios com nota acima de 0,5, numa escala de zero a um subiu apenas 10. Em 2013, o Estado tinha 243 municípios com nota acima de 0,5. Em 2018, o total subiu para 253 municípios. No Brasil, houve uma piora nas contas públicas nesse período que incluiu os dois anos de recessão e três anos de baixo crescimento.

O Índice Firjan de Gestão Pública considera quatro indicadores: autonomia (ter receita própria para pagar as contas), gasto com pessoal, investimento e liquidez. Florianópolis está entre os municípios que melhoraram no ranking do IFGF, que considerando os quatro indicadores: em 2013 estava com nota 0,5333 e ficou na 225ª posição. Em 2018 teve nota 0,5943 e ficou na 202ª posição. Entre as capitais do país, Florianópolis ficou na 18ª posição e Salvador liderou.

No Estado, quem liderou ano passado foi o município de Turvo, que obteve nota 0,9892 e ficou em quinto lugar nacional.

Incentivos fiscais

Valor Catarinense é o evento que será realizado dia 11 de dezembro, no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), em Florianópolis, para fazer um debate amplo sobre incentivos fiscais no Estado. Entre os palestrantes, estarão os professores da UFSC Lauro Mattei, pós-doutor pela Universidade de Oxford (Reino Unido) e Eduardo Volante, empresário e economista graduado pela UFSC. Também falarão os executivos Rodrigo Phillippi e Jackie Schwartz e a advogada tributarista Kelly Martarello. O evento é organizado por um grupo de entidades, entre as quais a Associação Empresarial de Comunicação Digital de SC (Eecodi/SC).

Motos Ducati em SC

Marca italiana
Motos Ducati
(Foto: )

As desejadas motos italianas da marca Ducati terão concessionária em Santa Catarina. A iniciativa é da Top Car, que vai inaugurar a unidade dia 12 deste mês com venda da linha completa de produtos, incluindo acessórios. A unidade fica na Via Expressa, ao lado da Jaguar Land Rover, também da Top Car. Para a inauguração, virá o vice-presidente global de vendas da Ducati, o italiano Francesco Milicia, e o presidente da marca no Brasil, Diego Borghi. A marca italiana atua no segmento de produtos premium, o que reforça a posição da Top Car nesse segmento, observa o gerente geral de marketing do grupo, Flávio Porto. A empresa atua também com a BMW, Mini, Motorrad e Audi.

Novos desafios

O ex-diretor de Gestão Corporativa da Celesc, empresário Nelson Santiago, após período no setor de tecnologia como sócio da startup Start Crédito, vendeu a participação e voltou a atuar como executivo. Aceitou o desafio no Ascensus Group, de Joinville, para liderar expansão da Fatori, braço financeiro do grupo, securitizadora que só atua com pessoas jurídicas e vai entrar no segmento de pessoas físicas. O convite foi feito pelo CEO do Ascensus Group, Cleverson Siwert, ex-presidente da Celesc, com quem Santiago trabalou na companhia.

Deixe seu comentário:

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade