nsc
    nsc

    Desenvolvimento

    Manifestações pró e contra Bolsonaro e urgência para sair da crise

    Compartilhe

    Estela
    Por Estela Benetti
    27/05/2019 - 04h00
    Emerson Souza, NSC
    Emerson Souza, NSC

    Tanto as manifestações deste domingo em favor do governo de Jair Bolsonaro, quanto as realizadas em defesa da garantia de recursos para educação no último dia 15 mostraram que governistas e oposição têm força para ocupar as ruas. Contudo, o sonho é o mesmo: um país melhor, com contas ajustadas, que permitiriam oferecer educação de qualidade para todos, melhorar serviços e muito mais. Os dois movimentos não seriam necessários se o presidente e alguns dos seus ministros fizessem a sua parte, que é conversar com o Congresso para viabilizar rápido a reforma da Previdência e outras reformas, sem criar crises com declarações nas redes sociais e na mídia. Falo em sonho dos dois movimentos porque apesar de ter condições de ser um país melhor, do presente, uns poucos insistem em criar atritos, problemas e postergar decisões para que o Brasil siga como país do futuro. A reforma da Previdência foi agenda mundial há 30 anos e o Brasil ainda não fez. Nesse período, a renda do brasileiro ficou estagnada. E o PIB pode vir negativo no primeiro trimestre deste novo governo. Quem insiste em atrasar reformas normalmente tem salário público garantido, não olha quem está desempregado ao lado e não sabe o quanto é difícil gerar um emprego no país. O governo precisa concentrar todas energias nas articulações com o Congresso pelas reformas para que o país saia da estagnação econômica e ajuste as contas. Essa foi a pauta que elegeu Bolsonaro e a principal motivação dos protestos deste domingo.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas